Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - Ten Minutes to Midnight (2020)

Selecionado Para o FantasPorto 2021, Ten Minutes to Midnight Terá Direito a Exibição nos Canais TVCINE

Realizado por Erik Bloomquist 

Com Caroline Williams, Nicole Kang, Nicholas Tucci


Antes de chegar ao FantasPorto, "Ten Minutes to Midnight" foi exibido nos Canais TVCine (Parceria com o FantasPorto). Foi por isso um dos poucos filmes da Edição 2021 do Fantas que teve a possibilidade de chegar a um público ainda mais vasto.  
Trata-se de um filme de terror realizado por Erik Bloomquist e protagonizado por Caroline Williams, Nicole Kang e Nicholas Tucci que, de certa forma, remete-nos para os populares B-Movies norte-americanos. Sem grande orçamento mas com uma premissa que retira o melhor do género vampírico dentro do terror sanguinário, "Ten Minutes to Midnight" surpreenderá e agradará ao espectador que procura algo diferente em detrimento de um filme mais polido.

Sim, "Ten Minutes to Midnight" está longe de representar a epitome de qualidade técnica, mas é um filme que, dentro do seu estilo surreal e violento, consegue encher as medidas aos fãs do género. Masé importante avisar que está longe de ser uma obra mainstream, sendo o seu público-alvo muito especifico. 

O seu maior destaque recai contudo na sua estrela central: Caroline Williams. Esta é uma "Scream Queen" certificada que participou em filmes de duas grandes sagas de terror: "Texas Chainsaw Massacre" ("The Texas Chainsaw Massacre 2" em 1986) e "Halloween" ("Halloween 2"em 2009). Nos últimos anos, Williams participou também em alguns capítulos de sagas de terror mais recentes e indies, como "Hatchet", "Sharknado" ou "Seed", tendo também protagonizado vários filmes de terror indie que ajudaram a cimentar o seu estatuto no seio deste género. A sua performance em "Ten Minutes to Midnight" é uma interpretação à sua imagem de qualidade e, sem dúvida, que a sua presença ajuda a elevá-lo a um patamar diferente.

Classificação - 2,5 Estrelas em 5


Publicar um comentário

0 Comentários