Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - The Last Letter From Your Lover (2021)


Realizado por Augustine Frizzell

Com Shailene Woodley, Felicity Jones, Callum Turner


Shailene Woodley e Felicity Jones, duas atrizes já consagradas e em trajetória claramente ascendente nas suas respetivas carreiras, encabeçam o elenco deste projeto romântico da Netflix e são, sem sombra de dúvida, a única coisa fracamente positiva que tem para nos oferecer. "The Last Letter From Your Love" segue a história de uma repórter (Felicity Jones) que, após encontrar algumas cartas de amor misteriosas datadas de 1965, decide resolver o mistério de um caso amoroso secreto e, no processo, envolve-se no seu próprio romance.

Woodley e Jones bem tentam transmitir alguma vida e cor aos seus respetivos arcos narrativos (separados no tempo por quase setenta anos), mas nem mesmo as suas performances convincentes a roçar o ecléctico (sobretudo a de Woodley) conseguem puxar por um enredo que peca pela ausência total de um real drama e de fortes elementos românticos. "The Last Letter From Your Lover" é uma adaptação do homónimo romance de Jojo Moyes que, embora tenha tido algum sucesso, não arrasou em vendas nem em fama. E compreende-se porque. Não é que a história (a do filme, tal como o livro) não aborde um real drama romântico, mas nem mesmo ao seguir a fórmula celebrizada por Nicholas Sparks consegue desenvolvê-lo de forma entusiasmante, acabando assim por nos brindar, apenas e só, com um dilúvio de clichés que desaguam em dois romances prototipados com finais previsíveis.  No final aquilo que este filme nos tem para oferecer é, apenas e só, uma história completamente desprovida de sentimento que apenas se autointitula como romântica... 


Classificação - 1,5 Estrelas em 5

Enviar um comentário

0 Comentários