Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Filme da Década de 80

Filme da Década de 80
Álvaro Martins - Once Upon A Time In America (1984)
Este filme conta-nos a história de dois amigos de descendência judaica que aos poucos vão ganhando mais e mais poder no crime organizado de Nova Iorque. Melhor filme de Sergio Leone quanto a mim. Espectaculares as interpretações de Robert de Niro e James Woods e magnífica banda sonora de Ennio Morricone.



Ana Campos – Dead Poets Society (1989)
Fui adolescente nos anos oitenta pelo que se torna quase impossível eleger o filme década tantos foram os filmes que me marcaram nesse período, E.T, The Blue Lagoon, Raiders of the Lost Arc, Platoon entre muitos outors. Destaco Dead Poets Society não tanto pela sua qualidade artística mas sobretudo pelo efeito que teve sobre os jovens desse período, dando-lhes o mote carpe diem para as suas vidas e levando a todo o lado o grito de insurreição dos versos de Walt Whitman, "Oh captain, my capitain".

Ana Pires – E.T - The Extra-Terrestrial (1982)
Esta década é muito ingrata... são os anos da minha infância, os anos do maravilhamento. Houve vários filmes a marcarem-me... escolherei, mas só porque sou obrigada, E.T. - O Extra-Terrestre. O meu primeiro contacto com Steven Spielberg. Uma criança nunca mais é a mesma a partir daí!



Bruno Pereira – Star Wars: Episode V - The Empire Strikes Back (1980)
Star Wars V é o melhor filme da saga, apesar do IV ter surgido como algo de novo foi no filme seguinte que a mistura de todos os ingredientes que são pedidos em um filme do género foi explosiva. Em 1980 surgiu um filme que ninguém poderá esquecer, e uma incrivel revelação sobre Darth Vader. Bem-Vindo ao "Dark Side".



Bruno César Rodrigues – Gandhi (1982)
O melhor filme de 1982 aos olhos da academia, é ao longo dos seus 188 minutos uma das mais exaustivas biografias da história do cinema. Ben Kingsley foi brilhantemente escolhido para o papel central. A grandeza de Gandhi, foi espelhada pelos nove Óscares conquistados (filme, realizador, actor principal, fotografia, direcção artística, guarda-roupa, montagem, maquilhagem e argumento original)


JT – Amadeus (1984)
O filme provou a sua excelência ao conquistar oito Óscares da Academia, incluindo o de Melhor Filme. É uma obra imprescindível para qualquer amante de cinema, “Amadeus” contem um argumento interessantíssimo e bem construído que mistura um retrato biográfico de um dos maiores génios da humanidade com uma profunda lição sobre a natureza humana, este poderoso argumento é abrilhantado por um visual historicamente fiel e por uma banda sonora fenomenal, bem como uma realização de luxo, resultado de um trabalho intenso e profissional de um homem apaixonado pelo cinema, as duas brilhantes interpretações dos dois protagonistas são apenas a cereja em cima do bolo, desta magnífica obra da 7ª arte que ainda hoje é tida como uma referência para dramas históricos.

Liliana Pereira – The Shining (1980)
É sem sobra de dúvidas o meu filme favorito dos anos 80, se em outras décadas tenho dificuldades em eleger só um favorito nesta sinto-me plenamente à-vontade. Primeiro porque acho que a década de 80 não foi muito rica em filmes de Terror, o meu género favorito, foi sim uma década onde se consagrou o filme de acção ou o filme de ficção científica, depois porque “Shining” é uma obra de arte de Stanley Kubrick e sinceramente acho que foi a sua melhor obra, sendo que “Laranja Mecânica” também é uma obra marcante. Uma excelente realização aliada a um argumento de qualidade, adaptado de um livro de uma das maiores mentes do nosso planeta (Stephen King) só poderia originar um clássico. Jack Nicholson esteve enorme no papel do esquizofrénico psicopata Jack.

Rui Madureira – Raiders of the Lost Ark (1981)
E eis que a partir dos anos 80 o cinema de acção e aventura viu a sua identidade modificada para sempre. Com "Raiders of the Lost Ark", a dupla Steven Spielberg e George Lucas deu à luz o maior ícone do cinema de aventuras: Indiana Jones. A partir desse momento o chapéu castanho, o chicote e o casaco de couro passaram a ser os símbolos máximos deste género cinematográfico e Indiana Jones passou a ser uma lenda conhecida em todos os cantos do mundo. "Raiders of the Lost Ark" tem de tudo para agradar aos cinéfilos: personagens carismáticas, uma narrativa cativante, uma realização sempre eficaz e genial de Spielberg, comédia, acção, e acima de tudo um herói com o qual todos simpatizamos e nos identificamos. Um filme que provou que Spielberg não sabe fazer maus filmes, e que cedo assegurou o seu marco na História do Cinema.

3 comentários:

  1. Para mim escolheria o fantástico Raging Bull de Martin Scorsese, numa década de grande desenvolvimento em filmes de ficção científica

    ResponderEliminar
  2. Sem sombra de duvidas o filme q marcou os anos 80 foi The Goonies, tenho esse filme original, toda vez q eu assisto eu lembro da minha infância, ótimo filme, mas claro... tem mts outros q deviam compor uma lista de clássicos!

    ResponderEliminar
  3. esta década parece-me um bocadinho desfalcada de grandes obras e realizadores ímpares que fiquem para a posteridade.
    ou outra teoria poderá passar pelo facto de que a maioria das pessoas que usa a internet estava na sua infância nos 80s ou ainda nem era nascida e aqueles filmes que poderiam ter marcado a diferença passaram despercebidos

    ResponderEliminar

Bottom Ad [Post Page]