Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, outubro 04, 2018

Lisbon & Sintra Film Festival 2018 - Programação

O LEFFEST – LISBON & SINTRA FILM FESTIVAL já anunciou a sua programação e chegou agora de falar dos destaques da programação da 12ª edição, que decorrerá de 16 a 25 de Novembro, em Lisboa e Sintra.  Estão já escolhidos 10 filmes na Selecção Oficial em Competição e cerca de 14 Fora de Competição, inéditos em Portugal, alguns destes premiados nos mais reputados festivais internacionais, aos quais se juntarão outros, a anunciar em breve. 
Na Secção Fora de Competição destaque para a estreia de filmes aguardados como “The Sisters Brothers”, Jacques Audiard; “Loro”, de Paolo Sorrentino; “The Wild Pear Tree”, de Nuri Bilge Ceylan; “Shoplifters”, de Kore-eda Hirokazu ou “Las Herederas”, de Marcelo Martinessi.
 O júri da Selecção Oficial – Em Competição é composto por WALTER SALLES (realizador), MARTHA ARGERICH (pianista), JONATHAN LITTELL (escritor e realizador), STEPHEN KOVACEVICH (pianista e maestro), CHRYSTA BELL (cantora, compositora e actriz) e JORGE QUEIROZ (artista plástico). Entre os Filmes a Concurso destaque para “A Portuguesa”, de Rita Azevedo Gomes; “Asako I & II”, de Ryusuke Hamaguchi our “Vox Lux”, de Brady Corbet (2018), USA
Nesta edição, o festival presta homenagem a JOÃO BOTELHO, com a primeira e mais completa retrospectiva da sua obra em Portugal, e também aos realizadores MIKE LEIGH, PAUL SCHRADER, MARIO MARTONE e DAREZHAN OMIRBAYEV, que estarão presentes para acompanhar as suas retrospectivas. Os ciclos “O DESEJO CHAMADO UTOPIA” e “NEOLIBERALISMO – A SEMENTE DO POPULISMO E DOS NOVOS FASCISMOS?”, contarão com a presença de vários convidados internacionais nestas duas jornadas de reflexão, com exibição de filmes. 
Outro dos destaques será DUB LOVE, da coreógrafa, bailarina e artista CECILIA BENGOLEA e de FRANÇOIS CHAIGNAUD, um espectáculo que desmitifica o modelo clássico do corpo e o olhar do espectador acerca da dança contemporânea.  Haverá ainda sessões especiais dos filmes Caminhos Magnéticos, de EDGAR PÊRA, Ainda Tenho Um Sonho ou Dois – a História dos Pop Dell’Arte, de NUNO GALOPIM e NUNO DUARTE, além dos works in progress de MATHIEU AMALRIC. Outro dos destaques será a exibição do filme La Flor, um acontecimento singular. La Flor, um dos filmes que marcou este ano de 2018, não estará online ou em DVD, nem terá mesmo cartazes. Haverá apenas uma experiência única: ver La Flor, no LEFFEST, nos primeiros dias do festival, apresentado pelo seu realizador, MARIANO LLINÁS.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas