Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

domingo, setembro 01, 2019

Crítica - A Vida de Um Campeão (2019)

Realizado por Simon Curtis
Com Kevin Costner, Amanda Seyfried, Milo Ventimiglia

No calor do Verão e da Época dois Blockbusters surge o inevitável filme direcionado aos Fãs de Animais! É já quase uma tradição ver Hollywood apresentar pelo menos um filme do género por ano, isto desde que obras como "101 Dálmatas", "Air Bud" ou "Marley e Eu" tiveram tanto sucesso entre os espectadores. É precisamente do estúdio que nos trouxe a dramédia canina protagonizada por Owen Wilson e Jennifer Aniston em 2008 que nos chega este "A Vida de Um Campeão".  E aqui seguimos a história do Golden Retriever Enzo que, ao longo do filme, passa em revista os eventos e as lições de vida que aprendeu com o seu dono, um piloto de corridas de automóveis, e a sua família. 
Como já mencionado, os fãs e donos de animais, especialmente de cães, são o público alvo deste projeto e certo é que este promove um entretenimento à medida deste público. Mas embora junte todos os elementos que se pretende num filme deste tipo, importa referir que não estamos perante uma obra prima que seja emocionalmente avassaladora do mesmo estilo de "Marley e Eu". 






É certo que "A Vida de Um Campeão" tenta replicar a fórmula desse projeto, acrescentando-lhe a narração do próprio cão bem como uma série de melodramas. Se "Marley e Eu" é um produto que até se inspira na vida real, "A Vida de Um Campeão" não se coíbe de enveredar por um caminho bem mais irrealista onde o melodrama está sempre presente a cada curva do enredo. E é aqui neste ponto que o filme perderá uma boa parte dos espectadores. Embora seja um filme ternurento com certos rasgos emocionais credíveis, "A Vida de Um Campeão" acaba por demostrar uma infeliz capacidade para explorar demasiados clichés melodramáticos num tempo quase recorde. 
Entre tragédias e sequências melodramáticas pouco verosímeis que cortam muita da energia positiva que o filme poderia dar, aquilo que sobra acaba por se resumir a um par de boas mensagens inspiradoras que, ainda assim, são insuficientes para afastar o filme de um consenso negativo. Salva-se a prestação de um Milo Ventimiglia que, mesmo perante um projeto menos conseguido, consegue dar mostras do seu talento, dando assim continuidade a outra prestação em outro projeto melodramático: a série "This is Us". 


Classificação - 2 Estrelas em 5

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas