Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Cats, De Possível Candidato aos Óscares a Candidato Garantido Aos Razzies

Cats, De  Possível Candidato aos Óscares a Candidato Garantido Aos Razzies

"Cats", a adaptação cinematográfica do famoso espetáculo da Broadway criado pelo icónico Andrew Lloyd Webber e que bateu inúmeros recordes no teatro, foi desde cedo apontada como uma das estreias mais aguardadas de 2019. E não só pela popularidade da peça de teatro claro está, mas também por tudo o que parecia destinar esta obra ao sucesso, como um elenco poderoso ou a talentosa equipa de criativos a quem foi encarregada a complexa missão de transformar esta adaptação num sucesso tão grande como o musical original. As expectativas eram elevadas e continuaram elevadas, pelo menos até ao lançamento do primeiro trailer que, como já se sabe, tornou-se viral pelas piores razões. Foram mais aqueles que criticaram a abordagem técnica do filme do que aqueles que apreciaram a visão de Tom Hooper e Companhia. Mas pese embora as críticas, não foram feitas quaisquer alterações a "Cats" e o filme continuou a ser promovido (com mais fé do que intenção) nas conversas sobre possíveis candidatos à época de prémios. 
O que é certo é que aquelas primeiras opiniões negativas que surgiram aquando do lançamento do trailer foram agora massivamente confirmadas pela crítica que, nos últimos dias, tem trucidado "Cats" em toda a linha (19% no Rotten Tomatoes). E as opções criativas e técnicas são apenas um dos muitos pontos negativos que a imprensa tem apontado a esta obra que, ao que tudo indica, será um dos grandes flops do ano. Entre "erro gigantesco" a "afronta ao produto original e a todos os musicais do planeta", muitos têm sido os comentários dos espectadores que já tiveram a oportunidade de ver o filme, comentários esses que têm primado pelo abuso dos trocadilhos felinos claro está. Embora "Cats" seja já um fracasso qualitativo, certo é que ainda não é um fracasso comercial, até porque só estreia esta sexta-feira nos Estados Unidos (estreia a 26 de Dezembro em Portugal), mas ao que tudo indica até esta luta parece perdida atendendo ao fraco feedback que o filme tem recebido e à grande concorrência que enfrentará nas bilheteiras....
A má semana de "Cats" não se ficou pelas péssimas criticas e pelos ainda piores trocadilhos, pois ficou-se também a saber que "Cats" perdeu também qualquer hipótese que poderia de chegar aos Óscares. Tais hipóteses após o lançamento do primeiro trailer ficaram reduzidas é certo, mas após Taylor Swift receber uma nomeação ao Globo de Ouro de Melhor Canção Original pelo tema "Beautiful Ghosts", muitos acreditaram que também pudesse ser uma das candidatas à nomeação final ao Óscar de Melhor Canção Original. Mas o que é certo é que "Beautiful Ghosts" não figura entre as canções Pré-Selecionadas nesta categoria e, por isso, esta é mais uma porta que se fecha a "Cats" e mais um humilhante prego no seu caixão cinematográfico.
E esta derrota é apenas mais uma entre muitas que espelha bem a pobre qualidade em toda a linha desta obra. É porque nem mesmo a popularidade de Swift, nem o passado glorioso de "Cats" conseguiram salvar esta obra ou dar-lhe um pequeno presente mais doce e dourado. Se em Janeiro esperava-se que "Cats" pudesse até chegar aos Óscares, em Dezembro podemos dizer que Tom Hooper e o seu "Cats" estão bem mais perto de fazer sucesso noutro tipo de prémios....os Razzies.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]