Full width Top advertisement

Críticas

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - 6 Underground (2019)

Crítica - 6 Underground (2019)

Realizado por Michael Bay
Com Ryan Reynolds, Mélanie Laurent, Corey Hawkins

Nem tudo em 2019 pôde ser perfeito para a Netflix. Entre as maravilhosas surpresas cinematográfica desta empresa para este ano, como "Marriage Story", "Two Popes" ou "The Irishman", a Netflix lançou também aquele que é um dos piores filmes do ano: "6 Underground". Realizado por Michael Bay,  esta obra traz-nos Ryan Reynolds na pele do líder de uma equipa de seis  indivíduos de todos os cantos do mundo, cada um o melhor no que faz, que foram escolhidos não só pela sua competência, mas também pelo desejo único de apagar o seu passado para mudar o futuro. A equipa é então escolhida e liderada por um enigmático bilionário (Ryan Reynolds), cuja missão de vida é garantir que ele e os seus operativos não sejam memoráveis, ao contrário das suas ações.





É difícil arranjar palavras e pontos positivos para descrever este mais recente esforço de Michael Bay, desta vez em parceria com a Netflix. Já se sabe que os filmes de Bay primam sempre pela ação desmesurada, mas "6 Underground" leva esta sua ideologia a um extremo de excessiva ridicularização. As sequências de ação são constantes e fortes é certo, mas também é verdade que são extremamente caóticas, desorganizadas e, muitas delas, simplesmente absurdas. Se a "ação" é fraca, então o que dizer do enredo. 
Este pode-se descrever como uma profunda nulidade narrativa sem qualquer rasgo de inteligência, criatividade ou surpresa. É no fundo um enredo seco e vazio que, por acaso, até se enquadra perfeitamente com uma performance oca e inútil de um elenco que até pode ser estrelar, mas que está bem longe de representar uma real qualidade. E aqui o nosso pesar vai totalmente dirigido para Mélanie Laurent. É triste ver uma atriz que já nos deu tantos bons papéis aparecer num filme tão superficial como este, ainda para mais quando interpreta uma personagem tão fútil e desmiolada que em nada enobrece a sua intérprete. Laurent tem potencial para bem mais e claramente que este papel não representa o seu real potencial!
Aliás, "6 Underground" e tudo o que este projeto envolve não representa nada de bom para ninguém. É um dos piores "grandes" projetos da Netflix dos últimos anos, mas também é um dos piores filmes de sempre de Michael Bay. E isto já diz muito, já que Bay não é propriamente conhecido pela sua filmografia de luxo. A única pessoa que considero poderá ver com bons olhos esta obra é mesmo a veterana atriz portuguesa Lídia Franco, que com "6 Underground" fez a sua estreia em blockbusters de Hollywood. Mas o que é certo é que tal estreia só será memorável para a própria....  


Classificação - 1 Estrela em 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]