Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Michael B. Jordan Regressa à Alta Roda de Hollywood com Tudo Pela Justiça

Michael B. Jordan Regressa à Alta Roda de Hollywood com Tudo Pela Justiça

Protagonizado por Michael B. Jordan e pelos vencedores de Óscar - Jamie Foxx e Brie Larson, "Tudo Pela Justiça" conta a poderosa e inesquecível história verídica do jovem advogado Bryan Stevenson e a sua luta para defender, no Alabama, quem foi injustamente condenado por crimes que nunca cometeram ou que nunca tiveram uma representação adequada. Este drama inspirador estreia nos cinemas nacionais a 16 de janeiro de 2020. 
O elenco principal conta também com Rob Morgan (‘Mudbound –As Lamas do Mississípi’) como Herbert Richardson, um prisioneiro também condenado à morte; Tim Blake Nelson (‘Wormwood’) como Ralph Myers, cujo testemunho contra Walter McMillian  é  posto  em  questão;  Rafe  Spall  como  Tommy  Chapman, o  Procurador que está a lutar pela condenação e sentença de Walter; O’Shea Jackson Jr. (‘Straight Outta Compton’) como Anthony Ray Hinton, outro prisioneiro condenado injustamente à morte que é também ajudado por Bryan; e Karan Kendrick (‘O Ódio Que Semeias’) como Minnie McMillian, a esposa de Walter que lhe dá apoio incondicional. O filme é produzido pelo nomeado a dois Óscares Gil Netter (‘A Vida de Pi’, ‘Um Sonho Possível’), Asher Goldstein (‘Temporário 12’) e Michael B.  Jordan. Bryan Stevenson, Mike Drake, Niija Kuykendall, Gabriel Hammond, Daniel Hammond, Scott Budnick, Jeff Skoll e Charles D. King são os produtores executivos.

Sinopse - ‘Tudo Pela Justiça’ conta a poderosa história verídica e inesquecível do jovem advogado Bryan Stevenson (Michael B. Jordan) e a sua luta pela justiça. Depois de se licenciar em Harvard, Bryan teve várias opções de emprego. No entanto, decide ir para Alabama defender quem foi injustamente condenado por crimes que nunca cometeram ou que nunca tiveram uma representação adequada, com a ajuda da advogada local Eva Ansley (Brie Larson). Um dos seus primeiros casos, e o mais incendiário, é o de Walter McMillian (Jamie Foxx), que em 1987 foi condenado à morte pelo assassinato de uma jovem de 18 anos, apesar das provas apontarem para a sua inocência. Nos anos seguintes, Bryan envolve-se num labirinto de manobras legais e políticas, e racismo ostensivo enquanto luta por Walter, e outros na mesma situação, apesar de ter o sistema contra ele.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Bottom Ad [Post Page]