Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - The Wrong Missy (2020)

Crítica - The Wrong Missy (2020)
Crítica - The Wrong Missy (2020)

Realizado por Tyler Spindel
Com David Spade, Lauren Lapkus, Nick Swardson

A Happy Madison, a produtora de Adam Sandler, não é propriamente conhecida pelas suas comédias de qualidade, mas sejam elas protagonizadas por Adam Sandler ou não, certo é que lá vão encontrando um impressionante sucesso comercial, quer nos cinemas, quer agora na Netflix, onde a Happy Madison tem estreado, em exclusivo, vários filmes. A sua mais recente estreia é "The Wrong Missy" que vai de encontro ao paradigma da produtora, ou seja, estamos novamente perante uma comédia de qualidade duvidosa mas que, surpreendentemente, tem conquistado a atenção do grande público na Netflix. E, prova disso, é o facto de o filme estar, desde a sua estreia, no top dos filmes mais vistos da plataforma em vários países, incluindo Portugal. 
A única salvação deste projeto é a promissora Lauren Lapkus, a atriz que interpreta a "wrong missy" do título e que se revela a grande força dinâmica humorística desta obra. Lapkus tem piada e consegue interpretar na perfeição a sua personagem tresloucada que, num contexto de romance e confusão, faz a vida negra à personagem bastante seca interpretada por David Spade e com quem acaba por desenvolver uma improvável relação que resulta de um típico cliché do género. 
E clichés são o que não faltam em "The Wrong Missy" que, salvo algumas sequências bizarras cujo valor humorístico é apenas garantido pela dinâmica performance de Lapkus, acaba por ter muito pouco valor a qualquer nível. E verdade seja dita que não se esperava outra ilação de um filme desta produtora e com uma premissa tão básica como a que apresenta!

Classificação - 1 Estrela em 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]