Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Festa do Cinema Francês 2020 - Programação Fechada e Programa Das Primeiras e Segundas Chances a Valorosas Obras Francófonas

Festa do Cinema Francês 2020 - Programação Fechada e Programa Das Primeiras e Segundas Chances a Valorosas Obras Francófonas
Festa do Cinema Francês Dará Primeiras e Segundas Chances a Valorosas Obras Francófonas


Está fechado o programa para a edição 2020 da Festa do Cinema Francês. A ter lugar entre os dias 8 de outubro e 4 de novembro em cinco cidades (Lisboa, Almada, Oeiras, Coimbra e Porto) o evento apresenta um total de 54 filmes que propõem diferentes olhares sobre a contemporaneidade e a retrospetiva do cinema francófono. A abertura do festival será marcada pela exibição de "Miss", o mais recente filme de Ruben Alves, protagonizado pelo modelo e ator Alexandre Wetter. Ambos marcarão presença no dia 8 de outubro no Cinema São Jorge. A fechar o festival, "O Meu Primo Desajeitad"o, de Jan Kounen, que subirá ao palco do Cinema Trindade, no Porto, a dia 4 de novembro. Ambos os filmes são apresentados em antestreia na Festa. A completar as sessões especiais para este ano, regresso a três filmes absolutamente singulares: "Cão", de Samuel Benchetrit, uma fábula negra acerca da solidão que desenha uma crítica ao estado do mundo contemporâneo e às transformações sociais, interpessoais e políticas que o afetam, "O Olhar de Charles", de Marc di Domenico, um registo dos momentos mais íntimos e reais da vida do seminal cantor francês, e "Cuidar dos Vivos", de Katell Quillévéré, adaptação cinematográfica da obra homónima da francesa Maylis de Kerangal. 

Numa edição que se adapta aos novos tempos, a Festa do Cinema Francês fará circular alguns dos filmes pela plataforma Filmin, permitindo que mais pessoas possam acompanhar a programação nos seus lares. No campo das atividades paralelas, destaque para a o encontro com Nicole Fernández Ferrer, programadora, arquivista, investigadora e diretora do Centre Audiovisuel Simone de Beauvoir, que promoverá uma conversa em torno do trabalho de Delphine Seyrig, este ano homenageada na Festa. A conversa será realizada pelas 17h30 na Cinemateca Portuguesa, a dia 9 de outubro, contando com a moderação de Maria João Madeira. Recorde-se que a Festa do Cinema Francês e a Cinemateca Portuguesa organizam este ano uma retrospetiva sobre a obra da atriz, realizadora e ativista Delphine Seyrig que reúne um conjunto de obras incontornáveis da sua carreira. 

Confirmada está também a presença de Sarah Teper, que apresentará um ciclo de oficinas: partindo da sua experiência com diversos realizadores franceses, analisará as diferentes dimensões do trabalho de casting. Por Portugal passarão ainda, Yann Arthus-Bertrand, co-realizador de Mulher, Martin Provost, realizador de Manual da Boa Esposa e Jean-Paul Salomé, realizador de Agente Haxe. 

Anunciadas estavam já 14 antestreias para filmes que passarão, em breve, nas salas portuguesas e duas secções que pretendem dar novas oportunidades a filmes cujas datas de estreia ficaram comprometidas com a pandemia. A edição 2020 da Festa do Cinema Francês passa, então, por: Lisboa (8 a 21 de outubro), Almada (14 a 18 de outubro), Oeiras (15, 17 e 18 de outubro), Coimbra (21 a 24 de outubro) e Porto (26 outubro a 4 novembro). O programa para cada uma das cidades pode ser consultado no site, assim como os detalhes sobre a compra de bilhetes. 

Haverão também duas secções adaptadas aos novos tempos estas que foram recentemente anunciadas na Festa do Cinema Francês. Os inéditos, em busca de distribuidores portugueses, recebem a chancela de “primeira chance” e aqueles que foram suspensos em Março - aquando da introdução das medidas de prevenção sanitária - enquadram-se no módulo “segunda chance”. No total serão 13 filmes aos quais o festival, que este ano decorre entre 8 de outubro e 4 de novembro, quer dar nova vida. 

A seleção Primeira Chance apresenta uma seleção de filmes pautada pela versatilidade. "Felicità", obra de Bruno Merle, é uma comédia caprichosa e viva, carregada de personagens cativantes, onde a felicidade de viver rima com a descontração e “laissez faire, laissez passer”. O documentário "O Amanhã É Nosso", de Gilles de Maistre, apresenta-nos José, Heena, Aïssatou e Arthur, um grupo de crianças que combatem por um futuro melhor, defendendo, com impressionante convicção, valores humanistas e de igualdade. Fechar este lote de confirmações com "A Rapariga da Pulseira", um comovente drama que relata a vida de Lise, 18 anos, acusada de ter assassinado a sua melhor amiga.

Já para rever na secção Segunda Chance  há o mais recente filme Roman Polanski, "J'Accuse – O Oficial e o Espião"; "Festa de Família", com interpretação de Catherine Deneuve; "Retrato da Rapariga em Chamas", de Céline Sciamma; "Mulher", um documentário sobre a condição feminina com testemunho de cerca de 2000 mulheres de todo o mundo, ou "Clara e Claire", uma história sobre o amor protagonizada por Juliette Binoche.

A edição 2020 do festival passa por quatro cidades portuguesas: Lisboa (8 a 21 de outubro), Porto (26 outubro a 4 novembro), Coimbra (21 a 24 de outubro) e Almada (14 a 18 de outubro). Anunciados estavam já o foco na obra da actriz, realizadora e activista Delphine Seyrig, em co-programação com a Cinemateca Portuguesa, assim como 12 antestreias para filmes que passarão, nos próximos seis meses, pelas salas portuguesas.  A Festa do Cinema Francês é organizada pela produtora Jangada, apoiada pela Embaixada de França e o Institut français du Portugal, em parceria com a rede das Alliances Françaises em Portugal.

 

PROGRAMAÇÃO


Primeira Chance

A RAPARIGA DA PULSEIRA, Stéphane Demoustier, 2019, França, Bélgica, FIC, 96'

FELICITÀ, Bruno Merle, 2020, França, FIC, 81’

O AMANHÃ É NOSSO, Gilles de Maistre, 2019, França, DOC, 84’


Segunda Chance

AS FILHAS DO SOL, Eva Husson, 2018, França, Bélgica, Geórgia, FIC., 112'

CLARA E CLAIRE, Safy Nebbou, 2019, França, FIC., 102'

FESTA DE FAMÍLIA, Cédric Kahn, 2019, França, DOC., 101’

FRANKIE, Ira Sachs, 2019, França, Portugal, FIC., 99'

J'ACCUSE - O OFICIAL E O ESPIÃO, Roman Polanski, 2019, França, FIC., 133'

MULHER, Yann Arthus-Bertrand, Anastasia Mikova, 2019, França, DOC., 108’

O ADEUS À NOITE, André Téchiné, 2018, França, Alemanha, FIC., 103'

OS MISERÁVEIS, Ladj Ly, 2019, França, FIC., 103’

OS TRADUTORES, Régis Roinsard, 2019, França, FIC., 105'

RETRATO DA RAPARIGA EM CHAMAS, Céline Sciamma, 2019, França, FIC., 122'

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]