Ticker

6/recent/ticker-posts

Portal Cinema Celebrou o Dia Mundial do Cinema com a Moët & Chandon, o Filmin e o Cinema Português

Portal Cinema Celebrou o Dia Mundial do Cinema com a Moët & Chandon, o Filmin e o Cinema Português


Celebrou-se no passado dia 5 de Novembro o Dia Mundial do Cinema que, no próprio dia, fizemos questão de assinalar! E posso dizer que o Portal Cinema teve o prazer de comemorar este dia em ótima companhia e rodeado por enorme qualidade.
A convite da Moët & Chandon e em parceria com o Filmin, a equipa Portal Cinema passou a noite do Dia Mundial do Cinema rodeado pela qualidade do champagne Moët & Chandon e a visualizar um grande filme português na plataforma Filmin: o drama "Ordem Moral", de Mário Barroso. Estreado nos cinemas nacionais a 10 de Setembro, "Ordem Moral" transporta-nos até 1918, onde seguimos a trágica história de superação de Maria Adelaide Coelho da Cunha, a herdeira e proprietária do Diário de Notícias que, por amor, abandona o luxo social, cultural e familiar em que vive para fugir com um insignificante chauffeur, 26 anos mais novo. As consequências desta sua decisão são obviamente dolorosas e moralmente devastadoras, sendo que também ecoam na moralidade e nas notícias cor de rosa da sociedade nacional. 


Portal Cinema Celebrou o Dia Mundial do Cinema com a Moët & Chandon, o Filmin e o Cinema Português




Seria difícil imaginar melhor serão para o Dia Mundial do Cinema que um programa com pipocas, champanhe e uma produção portuguesa acima da média interpretada por um grande elenco, sendo que tal produção foi exibida numa das grandes plataformas streaming do momento. A combinação perfeita para um dia que comemora a grande arte que todos nós apreciamos. Um agradecimento especial à Moët & Chandon que, em parceria com o Filmin, proporcionou-nos um dia diferente e que correspondeu aos elevados padrões de qualidade da marca que, como já assinalamos, é um dos grandes apoiantes do cinema em todo o mundo. Embora presença habitual em grandes produções de Hollywood, a Moët & Chandon escolheu comemorar este dia com o bem nacional "Ordem Moral" que tem, claro está, uma ligação especial com o champanhe. E digo isto porque, em algumas das suas cuidadas sequências, é possível ver algumas festas promovidas pela alta sociedade portuguesa onde, como deve calcular, as bebidas espirituosas como o champanhe faziam parte do cardápio e, claro está, é de supor que os produtos de uma marca centenária como a Moët & Chandon tenham feito parte dessas celebrações. 
Tais sequências, curiosamente, ilustram o grande detalhe que Mário Barroso incutiu. "Ordem Moral" é um produto tecnicamente muito competente e muito agradável de acompanhar que exemplifica um dos grandes atributos do cinema português, ou seja, a grande capacidade que os nossos criativos têm para ilustrar, representar e ambientar filmes de época. 
Para além dos distintos elementos técnicos, "Ordem Moral" também se destaca pela performance da estrondosa Maria de Medeiros, uma das atrizes mais conceituadas e talentosas do nosso cinema que mostra toda a sua capacidade artística neste drama que, uma vez mais convém recordar, é inspirado numa história real. É mais um grande papel de Maria Medeiros que vai dando cartas e que, embora não seja uma figura constante em produções portuguesas, consegue sempre conquistar o espectador nacional com o seu carisma inigualável!  

Publicar um comentário

0 Comentários