Ticker

6/recent/ticker-posts

Japão e Hungria Dominam Prémios do FantasPorto 2021

Japão e Hungria Dominam Prémios do FantasPorto 2021

O thriller "Suicide Forrest Village", do realizador japonês Takashi Shimizu, venceu o Prémio de Melhor Filme de Cinema Fantástico 2021! Este thriller de terror sobrenatural, que será exibido a 3 de Maio no FantasPorto, foi desde início apontado pelo Portal Cinema como um dos filmes a não perder nesta edição e acabou por confirmar o seu estatuto de filme de excelência. O filme explora a história de duas meninas que são recolhidas perto da floresta dos suicidas. Anos mais tarde, debaixo da casa onde agora vivem, encontram uma caixa estranha que vai dizimando os que entram em contacto com ela. Hibiki e a irmã tentam compreender as razões que levaram ao suicídio da mãe e descobrir o que significa aquela caixa. 

Já o Prémio Especial do Júri foi para o filme "The Trouble with Being Born", de Sandra Wollner (Alemanha), que já passou pelo Festival de Berlim. Já o prémio de Melhor Filme Português foi entregue a "A Mulher Sem Corpo", de António Borges Correia. 

O cinema húngaro, que tem tido grande visibilidade no fantasPorto, também saiu vencedor. O filme de terror "Post Mortem", de Peter Bergendy (Hungria), arrecadou o Prémio de Melhor Realização e Prémio de Argumento. Esta obra bastante sombria explora a história de um fotógrafo de fotos de família com os seus mortos, que chega a uma “aldeia apanhada pela gripe espanhola e que vive rodeada de fantasmas assustadores”, lê-se no dossier de imprensa. O cinema húngaro também saiu vitorioso com "Preparations to Be together for an unknown period of time", de Lili Horvát (Hungria) que venceu o Prémio Melhor Filme da Semana dos Realizadores 2021, assim como Prémio de Melhor Atriz da secção. O Prémio Especial do Júri da Semana dos Realizadores foi entregue a "Awauta", de Mile Nagaoka, mais um filme do Japão premiado nesta edição.

Na categoria Melhores Efeitos Especiais foi distinguido o filme brasileiro "O Cemitério das Almas Perdidas, de Rodrigo Aragão" (Brasil), já o Prémio de Melhor Curta-Metragem Fantasporto 2021 foi para "Abracitos", de Tony Morales (Espanha). "Marionette", um dos favoritos do Portal Cinema, saiu do FantasPorto com duas vitórias - Prémio da Crítica e Melhor Atriz - Secção Cinema Fantástico. "The Reckoning" conquistou o Prémio do Público.


Enviar um comentário

0 Comentários