Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, novembro 22, 2013

Pérolas Indie - O Desconhecido do Lago (2013)

Realizado por Alain Guiraudie 
Com Pierre Deladonchamps, Christophe Paou, Patrick d’Assumçao 
Género - Drama

Sinopse – Verão. Um lago é um local de engate de vários homens. Franck apaixona-se por Michel. Um homem bonito mas mortalmente perigoso. Franck sabe disso. Mas deseja viver essa paixão. 

Crítica – Vencedor do Queer Palm e do Prémio da Secção Un Certain Regard Para o Melhor Realizador, ambos do Festival de Cannes 2013, “O Desconhecido do Lago” é, até ver, um dos filmes franceses mais aclamados do ano e é assim que deve ser encarado, porque embora não seja de todo um filme fenomenal, apresenta-se como um projeto muito interessante e muito bem filmado que não tem medo de retratar uma história de amor e crime no seio da comunidade homossexual. Há que dizer que este drama de Alain Guiraudie é bastante explícito a nível sexual, por isso antes de o ver prepare-se para encontrar muito nudismo masculino e também muitas sequências de sexo bem temerárias, mas este seu lado mais erótico e direto até é bem-vindo, porque embora seja um bocado forte e chocante de início, acaba por chocar muito bem com a amplitude natural dos cenários e a simplicidade técnica da realização de Guiraudie, que faz questão de nunca afastar a ação da zona verdejante do lago que, como já referi, é palco de crimes violentos e múltiplos encontros sexuais, não só entre o protagonista e os seus engates, mas também entre as outras personagens secundárias que vão aparecendo e desaparecendo consoante o passar da carruagem. Na base do enredo de “O Desconhecido do Lago” está uma história de amor e excitação, que pelo meio é atiçada por uma história macabra de homicídio, que só reforça ainda mais o valor claro da questão romântica que persegue o jovem Frank praticamente até ao final do filme, que apresenta também uma bonita história de amizade entre o protagonista e uma experiente personagem secundária chamada Henry (Patrick d'Assumçao), que o tenta alertar para os perigos da sua excitante relação de engate com o esbelto Michel (Christophe Paou), o vilão psicopata desta bela e tensa produção francesa, que está muito para além do simples thriller passional ou do impudico melodrama romântico.

Classificação - 4 Estrelas em 5

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas