Crítica - Morbius (2022

Crítica - Morbius (2022

Realizado por Daniel Espinosa
Com Jared Leto, Matt Smith

Realizado por Daniel Espinosa, "Morbius" é uma spin-off da saga "Homem-Aranha"/"Spider Man" que conta com Adria Arjona, Jared Harris e Jared Leto no seu elenco.  Tal como "Venom", "Morbius" tem como protagonista um dos maiores vilões do Universo Homem-Aranha. Falamos claro está da criatura vampírica Morbius que, tal como o Homem Aranha, nasceu na sequência de uma experiência científica que deu para o torto. 
Vencedor de um Óscar da Academia, Jared Leto interpreta Michael Morbius, um cientista que, na tentativa de encontrar uma curar para uma rara doença sanguínea, acaba por se transformar numa criatura semelhante a um vampiro e que, agora, terá que viver nas sombras e no dilema entre praticar o bem ou o mal.

Divulgado o Novo Trailer de Morbius, Spin-Off de Homem Aranha Que Promete Rivalizar Com Venom


Devido à Pandemia, "Morbius" viu a sua estreia ser adiada de 2020 para 2021 e, depois, de 2021 para 2022....Terá a espera espera valido a pena? Pelos vistos não....Classificado como o pior filme do franchise "Homem Aranha" e como um dos piores filme da Marvel desde "Daredevil", "Morbius" falhou junto da crítica, mas mais preocupante falhou junto do seu público alvo. É certo que as expectativas poderiam estar demasiado altas após os sucessos dos dois filmes "Venom" e do capítulo mais recente "Homem-Aranha", mas não se esperava um desastre desta dimensão.
Tudo parece ter corrido mal. A pandemia e os sucessivos atrasos não ajudaram, mas podem ter até ajudado o franchise, já que se "Morbius" tivesse saído, como estava planeado, antes do segundo filme "Venom" e de "Homem-Aranham: Sem Volta a Casa", talvez as coisas não tivessem corrido tão bem para estes projetos, nomeadamente para o primeiro. Mas a pandemia não foi a única coisa que correu mal. As polémicas em redor de Jared Leto e os seus particulares métodos de representação e os problemas de pós-produção que o filme enfrentou não ajudaram de todo a contribuir para um desfecho positivo.
Tecnicamente, "Morbius" é inferior a tudo o que já vimos em anos recentes, não só no franchise "Homem-Aranha", mas também no Universo Marvel. Recentemente, "Eternals" também ficou longe de convencer, mas pelos menos poucas coisas negativas houve a dizer da sua componente técnica. O mesmo já não pode ser dito sobre "Morbius", onde nem mesmo os efeitos especiais o conseguem salvar. Mas pior que uma componente técnica que só pode ser escrita como mediana temos um enredo sem identidade que, por um lado, tenta apelar ao lado mais negro da banda desenhada, masque por outro não quer deixar cair o lado mais comercial da mesma. Esta dicotomia deu azo, como se esperava, a um filme com uma identidade partida que nem faz justiça à saga, como acima de tudo não honra o grande vilão que Morbius é e o que este representa para o Universo homem-Aranha.

Classificação - 1, 5 Estrelas em 5 

Enviar um comentário

0 Comentários