Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - Escape from Pretoria (2020)

 

Fuga de Pretória Estreia Esta Semana em Portugal!

Realizado por Francis Annan
Com Daniel Radcliffe, Daniel Webber, Ian Hart


"Fuga de Pretória"/ "Escape from Pretoria", é um drama de Francis Annan com interpretações de Daniel Radcliffe, Daniel Webber e Ian Hart, onde explorarmos a história real de Tim Jenkin e Stephen Lee, dois jovens sul-africanos brancos declarados “terroristas” e presos em 1978 por trabalharem em operações secretas para o ANC, o grupo fundado por Nelson Mandela. Encarcerados na prisão de segurança máxima de Pretória, Jenkins e Lee decidem enviar uma mensagem clara ao regime do apartheid e fugir! 
Sim, "Escape from Pretoria" é um filme maioritariamente dedicado so subgénero "prison escape", mas acaba por ser bem mais que isso. Trata-se de um relato histórico de algo real e que consegue reproduzir o ambiente, as condições e o medo que se sentia no mundo da África do Sul Appartheid. Para além de fornecer um razoável contexto histórico da época, onde se consegue sentir as tensões raciais que hoje ainda perduram no país, "Escape from Pretoria" relata também com competência a escapatória de Jenkin e Lee, mas também explora com habilidade as suas posições morais. 
É verdade que grande parte do sumo e da ação desta obra está reservada para o planeamento e posterior execução da fuga, mas no entretanto revela-se também um drama bastante ativo que elucida um pouco sobre a precariedade moral e social da época. 
É verdade que muitos criticam "Escape from Pretoria" por exagerar no embelezamento da fuga e por não respeitar ao detalhe a história real, mas, mesmo dentro de algumas falências técnicas e narrativas, acaba por se revelar um filme que cumpre e que não recorre em exagero aos excessos dramáticos. Sim, "Escape from Pretoria" não é nenhum "The Shawshank Redemption" (nem la perto claro), mas também e mais que um episódio glorificado de "Prison Break".  


Classificação - 3 Estrelas em 5

Enviar um comentário

0 Comentários