House of Gucci e Mais 7 Filmes Polémicos Que Retratam Histórias Criminais Reais Com Intervenientes Mediáticos

Estreia esta semana em Portugal o drama criminal "House of Gucci"/"Casa Gucci", uma obra de Ridley Scott que explora os jogos de poder por detrás do Império Gucci, mas também os eventos que levaram a uma grande tragédia que abalou o mundo da moda. Damos hoje a conhecer mais sete longas metragens que, tal como o filme de Scott, têm na sua base histórias criminais verídicas com protagonistas mediáticos, seja como vítimas, seja como criminosos.



House of Gucci (2021)

House of Gucci” explora três décadas repletas de histórias de amor, traição, escândalo, decadência e até vingança levada a extremos. Tudo isto ajuda-nos a compreender o significado de um nome e do seu valor, mas também nos permite conhecer melhor a grande tragédia que assolou a família no final do Século XXI.


Once Upon a Time in Hollywood (2019)

O brutal homicídio da atriz Sharon Taton às mãos do Clã Mason é, sem dúvida, uma das histórias mais negras de Hollywood. Já abordado em vários filmes e telefilmes, este crime serviu também de inspiração a Quentin Tarantino para desenvolver “Once Upon a Time in Hollywood”. Quem já viu este thriller sabe que não é um relato factual do crime (muito pelo contrário), mas trouxe novamente este trágico evento para o palco mediático….Quem nos dera a nós que o desfecho da obra de Tarantino tivesse sido o desfecho da história real, mas infelizmente a tragédia teve outros contornos. 


Molly’s Game (2017)

Esta história não envolve homicídios, mas envolve muitos crimes ficais. Molly’s Game” retrata a história real de Molly Bloom, uma antiga esquiadora Olímpica que, durante uma década, organizou os jogos de poker de alto risco mais exclusivos do mundo com participantes de alto valor mediático, como grandes astros do cinema, estrelas desportivas e populares titãs do mundo dos negócios. Vale a pena descobrir o desfecho deste caso real e nada como ver este thriller dramático.


<>

Reversal of Fortune (1990)

Nos Anos 70 teve lugar nos Estados Unidos um julgamento criminal altamente mediático que prendeu a atenção da sociedade. No banco dos réus sentou-se Claus von Bülow, um cidadão dinamarquês e membro proeminente da alta sociedade norte-americana que estava acusado de tentar matar Sunny, a sua esposa norte-americana com a intenção de herdar a sua fortuna. Os contornos do caso são complexos e o desfecho do mesmo ainda hoje é um tema polémico. O caso foi tratado no filme de 1990 protagonizado por Jeremy Irons e Glenn Close.


Foxcatcher (2014)

O caso criminal que envolve o milionário John Du Pont, os Irmãos Schultz e o plano para desenvolver uma equipa de campeões tendo em vista a participação nos Jogos Olímpicos é retratada, com elevado detalhe, em “Foxcatcher”. O caso é um dos mais bizarros e chocou a sociedade norte-americana devido à excentricidade das ações de John du Pont, uma grande figura da alta sociedade norte-americana que caiu em desgraça devido à sua ambição desmedida. 


Kidnapping Mr. Heineken (2015)

Em 1983, um grupo de amigos de infância cometeram o crime do século: raptaram Freddy Heineken, um dos homens mais ricos do mundo e o herdeiro do império da cerveja Heineken. A história é, hoje, um dos casos criminais mais conhecidos da Holanda, não só pela personalidade que envolveu, mas sobretudo pelos estranhos contornos do caso.



All the Money in the World (2018)

John Paul Getty III, um adolescente de 16 anos e neto do homem mais rico do mundo, Sr. Getty, é sequestrado em Itália. Tem assim início uma polémica saga criminal que expôs perante a sociedade as fragilidades da Família Getty. Realizado por Ridley Scott, “All the Money in the World” retrata todos os eventos que rodearam este rapto. 


The Bling Ring (2013)

Astros de Hollywood como Orlando Bloom, Paris Hilton e Rachel Bilson foram vítimas de uma das histórias criminais mais mediáticas de Hollywood. Estes e outros astros foram vítimas de uma série de assaltos perpetrados por um grupo de jovens que, com o desejo de status e fama na cabeça, decidiram enveredar pela vida do crime. O grupo ficou conhecido como o Bling Ring Gang e, em 2013, a sua história foi contada nos cinemas por Sofia Coppola. 

Enviar um comentário

0 Comentários