Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, maio 09, 2019

Para Comemorar a Estreia de Pokémon: Detetive Pikachu Recordamos 10 Versões Live-Action de Animes Que Marcaram o Cinema

Estreia hoje em Portugal o filme “Pokémon: Detetive Pikachu”, a primeira adaptação live-action de Hollywood do famoso Universo Pokémon. Até agora o Universo Pokémon só tinha chegado aos cinemas via filmes de animação, por isso a estreia deste filme (que tecnicamente é baseado no videojogo “Detective Pikachu” da Nintendo) está a ser encarada como um evento mundial de elevado interesse. Hoje recordamos 10 adaptações live-action de videojogos japoneses, animes ou manga de elevada popularidade, sendo que destes uns foram um verdadeiro sucesso e outros um enorme fracasso.


Rurouni Kenshin 

Avaliação: Positiva

Os três filmes baseados no famoso anime “Rurouni Kenshin” ou “Samurai X” são das adaptações live-action de um anime mais elogiadas dos últimos anos. As três partes dos filmes “Rurouni Kenshin” foram um sucesso comercial, mas acima de tudo conseguiram conquistar os corações dos fãs do Samurai Kenshin graças à sua fidelidade ao anime em todos os aspetos principais.


Ace Atorney

Avaliação: Positiva

Passou por Portugal no FantasPorto, mas incompreensivelmente não chegou às salas de cinemas portuguesas. Baseado no famoso e homónimo videojogo, “Ace Atorney” é um divertido thriller jurídico carregado de excentricidade e fantasia que se mostra fiel ao espírito extravagante do jogo em que se baseia.


Assassination Classroom

Avaliação: Positiva

Tal como “Ace Atorney”, também “Assassination Classroom” passou por Portugal no circuito de festivais, tendo sido exibido no FantasPorto, mas também no MOTELx. Mas tal como “Ace Atorney” também não chegou aos cinemas portugueses, pese embora as centenas de espectadores que encheram as salas para o ver nos dois festivais. O filme correspondeu ao hype, já que cumpriu na entrega de doses extravagantes de humor negro!


Oldboy

Avaliação: Positiva

Falamos aqui da versão japonesa de Chan-wook Park e não a versão de Hollywood de Spike Lee. Isto porque o filme japonês foi um sucesso, ao passo que a versão norte-americana foi um desastre, pese embora o seu elenco de peso e o seu popular realizador. A versão de Park respeita na perfeição o estilo noir do mangá em que se inspira, sendo um retrato perfeito dessa obra criada por  Nobuaki Minegishi e Garon Tsuchiya.


Speed Racer

Avaliação: Negativa

A primeira grande investida de Hollywood junto das adaptações live-action do Universo Animes/ Mangá foi com “Speed Racer”, um filme assinado pelas elogiadas Irmãs Wachowski e com um elenco de luxo. Baseado no homónimo anime, ”Speed Racer” foi um fracasso junto da imprensa, mas mais grave ainda, foi um gigante flop comercial. As expectativas eram muitas, até porque as Irmãs Wachowski (na altura Irmãos Wachowski) ainda recolhiam frutos do sucesso da trilogia “Matrix”, mas o resultado final desapontou devido a narrativa aborrecida, mas sobretudo devido a um estilo visual cuidado, mas demasiado infantil e irritantemente excêntrico que contraria o estilo mais clássico da fonte.


Dragonball: Evolution

Avaliação: Negativa


Os fãs do mega popular anime/manga “Dragon Ball” reagiram com muito cepticismo quando Hollywood anunciou que ira produzir uma versão live-action da obra de Akira Toriyama  intitulada “Dragonball Evolution”. As expectativas eram baixas e mais baixas iam ficando à medida que foram sendo anunciados pormenores sobre o filme, incluindo a composição pouco estrelar do seu elenco. Os piores receios confirmaram-se quando chegou o primeiro trailer, mas as piores certezas vieram com a estreia do filme nos Estados Unidos. Por incrível que pareça, “Dragonball Evolution” conseguiu ser pior do que se esperava e foi um gigantesco fracasso global, tendo até obrigado a 20th Century Fox a cancelar a sua estreia em dezenas de países. O filme deu prejuízo e foi tão mal recebido que, ainda hoje, nenhum estúdio em Hollywood se atreve a pegar no Universo Dragon Ball para produzir uma nova adaptação cinematográfica, pese embora a enorme popularidade das aventuras de Goku e Companhia.


Death Note

Avaliação: Negativa

Se “Dragonball Evolution” foi desastroso, então o que dizer de “Death Note”. A tentativa de Hollywood de transformar um dos melhores animes de sempre num intenso thriller live-action falhou redondamente. Mas o que separa esta obra de “Dragonball Evolution” é que a Warner Bros, o próprio estúdio que inicialmente produziu “Death Note”, apercebeu-se do desastre que tinha em mãos e cancelou-o mesmo antes de o lançar nas salas. Mas isso não impediu o seu lançamento porque a Netflix resgatou o projeto  e lançou-o na sua plataforma. Isto só acabou por confirmar que a Warner tinha razão quanto ao projeto, já que “Death Note” acabou mesmo por receber críticas muito negativas devido à forma fútil como retrata o duelo mortal entre L e Light.


Attack on Titan

Avaliação: Negativa

Um dos maiores sucessos do Mundo Anime dos últimos anos chama-se “Attack on Titan”. Este projeto criado por Hajime Isayama fez sucesso numa primeira fase na sua versão mangá, mas atingiu uma gigante popularidade quando foi transformado numa série anime. É, atualmente, a série anime mais vista em todo o mundo, não sendo por isso de estranhar que esta mistura entre “Game of Thrones” e “Lord of the Rings” tenha chegado também aos cinemas. O problema é que a tentativa do Japão em criar um filme ive-action baseado neste Universo foi um autêntico fracasso. A rica história pedia mais e melhor, mas acima de tudo pedia um maior requinte visual que os responsáveis pelo filme não conseguiram entregar.



Ghost in the Shell 

CRÍTICA
Avaliação: Negativa

Verdade seja dita que a adaptação live action de Hollywood do anime “Ghost in the Shell” não é tão fraca como as de “Death Note” ou “Dragonball”. Mas ainda assim o resultado final desiludiu, não tanto pelos aspetos mais tècnicos que até convenceram, mas sim pelo seu enredo mediano. O seu fraco desempenho nas bilheteiras travou um plano para dar continuidade à saga em Hollywood, mas o que também acabou por matar este projeto foram as inúmeras polémicas em que se viu envolvido, nomeadamente as críticas que recebeu por preferir contratar atores ocidentais em detrimento de atores orientais mais adequados a certos papéis no filme.



FullMetal Alchemist

Avaliação: Negativa

Muitas expectativas existiam em torno do lançamento da versão live-action de “FullMetal Alchemist” produzida no Japão, mas a obra de  Hiromu Arakawa recebeu um fraco tratamento cinematográfica. Não se pode dizer que seja péssimo, mas tendo em conta a excelência que representam as aventuras dos Irmãos Elric, pode-se dizer que se esperava mais da sua grande estreia no cinema live-action. A insatisfação com o filme parece até ter afastado Hollywood que, até há bem pouco tempo, se mostrou muito interessada em levar “FullMetal Alchemist” para os Estados Unidos. Mas perante o feedback negativo deste projeto, Hollywood parece ter transferido o seu foco para outras obras anime. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas