Ticker

6/recent/ticker-posts

Recordamos Christopher Plummer, Uma Lenda Do Cinema Que Trabalhou Ao Longo de Sete Décadas



O icónico ator Christopher Plummer faleceu, esta semana, aos 91 anos de idade, deixando Hollywood em estado de luto. Plummer conquistou o seu único Óscar, o Óscar de Melhor Ator Secundário, pela sua performance em "All the Money in The World". E é curioso recordar que essa performance nem estava previsto ter acontecido, já que Plummer substituiu à última hora Kevin Spacey, após este ter sido envolvido numa série de escandalosa sexuais. Plummer já tinha recebido dias nomeações ao Óscar de Melhor Ator Secundário pelas suas participações nos filmes "Beginners" e "The Last Station", mas não conseguiu chegar à lista de vencedores, no entanto, estas suas duas performances são icónicas, tal como outras performances icónicas nas duas últimas décadas que serviram para Plummer conquistar uma nova geração de fãs. 

Nos últimos 20 anos, Plummer participou em vários filmes de forte impacto comercial, como a animação "Up" da Disney/Pixar ou no remake do franchise sueco "Millenium". Já no Século XX participou mais em filmes com uma dimensão menos comercial que não lhe deram tanta visibilidade, mas mesmo assim nos cinquenta anos de atividade no século passado teve participações em obras poderosas e icónicas. É claro que um dos seus primeiros sucessos foi o clássico "The Sound of Music", mas também no drama "The Man Who Would Be King" e até no thriller "Total Eclipse" que, para muitos, é uma das melhores adaptações para o cinema de uma obra de Stephen King. 

Ao longo da sua carreira, Christopher Plummer participou em mais de 120 filmes e séries. Ganhou vários prémios e o seu legado continuará bem vivo. Os seus dois últimos filmes a chegarem aos cinemas tiveram reações distintas. O drama "Verdade Debaixo de Fogo"/ "Last Fight", que também foi o último filme do realizador Peter Fonda, chegou a Portugal em Fevereiro de 2020 e não recebeu críticas muito positivas. Mas sorte teve o thriller "Knives Out" que foi aclamado pela crítica.


Publicar um comentário

0 Comentários