Ticker

6/recent/ticker-posts

Os Mistérios e as Teorias de Godzilla Vs Kong, a Nossa Análise Ao Primeiro Grande Blockbuster de 2021


Por força da pandemia, "Godzilla Vs Kong" motivou em 2020 uma guerra entre titãs do streaming (Netflix vs HBO) para definir qual destas plataformas teria o privilégio de exibir esta nova entrega do MonsterVerse da Warner. Para permitir a sua estreia nas salas cinemas, mas também para manter viva a sua parceria com a HBO, a Warner Bros. optou por prescindir dos milhões da Netflix e acabou mesmo por lançar este blockbusters na HBO Max no final de Março em todo o território norte-americano. Este lançamento aconteceu em simultâneo com a sua estreia nas salas de cinema (as que já abriram) nos Estados Unidos, algo que permitiu que "Godzilla Vs Kong" se transformasse no primeiro grande blockbuster de 2021, já que obteve um grande sucesso nas salas, mas também no serviço de streaming. 

A decisão da Warner em recusar a oferta da Netflix e apostar num lançamento coordenado entre os Cinemas e a HBO Max quase provocou um conflito judicial com a Legendary Pictures, a outra produtora do filme. Mas o diferendo acabou por ser resolvido quando a Warner, por via da reabertura dos cinemas em vários mercados principais, permitiu a sua exibição neste formato. Esta estratégia tem resultado e tem produzido bons números nos Estados Unidos, mas também em outros mercados onde já estreou nos cinemas. Na China, por exemplo, "Godzilla Vs Kong" já rendeu setenta milhões de dólares e é expectável que este número aumente nos próximos dias.  É notório que o público está ávido de ver um grande blockbuster numa sala de cinema e, tendo em conta os números já conhecidos, tudo indica que  "Godzilla Vs Kong" será mesmo um dos maiores sucessos de bilheteira do ano....

Em Portugal, "Godzilla vs Kong" só chegará aos cinemas em Maio, não estando prevista ainda o seu lançamento no streaming, isto porque a HBO Max é um serviço exclusivo dos Estados Unidos e do território de Porto Rico. Devido à nossa parceria com o mercado norte-americano, o Portal Cinema já teve a oportunidade de visualizar esta mega produção e, agora, vamos explorar a fundo esta obra que dá continuidade às boas promessas e expectativas da saga de monstros encabeçada por Godzilla e King Kong. 


A HISTÓRIA

Sequela direta de "Godzilla: King of the Monsters", "Godzilla Vs Kong" narra uma luta pelo reino dos monstros, entre o imparável Godzilla e o gigantesco Kong, num mundo onde o homem e os monstros coexistem e os grupos inimigos querem manipular os Titãs para que a guerra comece a surgir sob o disfarce de uma conspiração nefasta, ameaçando acabar com a vida no Planeta.

MISTÉRIOS E POLÉMICAS - SPOILER ALERT

Caso ainda não tenha visto "Godzilla Vs Kong" ou outros filmes deste franchise então não deverá continuar a ler este texto, já que o mesmo contém spoilers sobre este filme, mas também sobre todo o franchise!

A TEORIA DE HOLLOW EARTH

A cena final de "Godzilla: King of the Monsters" mostra os grandes monstros a convergirem na Skull Island junto a King Kong. No primeiro filme "Godzilla" foi explicado que os Monstros Titãs eram a força dominante nos primórdios da Terra, mas quando esta começou a ter uma atmosfera menos agreste estes Monstros acabaram por entrar em hibernação, dando assim lugar a outras espécies. Mas várias questões têm surgido entre os fãs desde o filme anterior. Como é que a Terra tem, ainda, tantos Titãs e como é que estes conseguem conviver? E como é que civilizações antigas conseguiram ter acesso às histórias de Titãs?

Em "Godzilla Vs Kong" surge novamente a teoria agora comprovada da Hollow Earth ou Terra Oca que já surgiu em "Kong: Skull Island" e ""Godzilla: King of the Monsters" que ajuda a responder a algumas destas questões. Esta teoria explica que, neste Universo, a Terra não é tão densa como se pensava, ou seja, entre a superfície e o núcleo do planeta existe uma espécie de espaço livre repleto de energia primordial que ajudou a criar e alimentar os Titãs. Esta teoria defende que muitos dos Titãs não entraram em hibernação, mas recuaram sim para as profundezas da Terra onde permanecem parcialmente ativos devido a este grande foco de energia. E daí se pode explicar a interação de algumas civilizações antigas com estes monstros que podem ter acordado ao longo dos séculos por via desta força vital. Foi também aqui que Godzilla recuperou as suas forças no segundo filme. O Hollow Earth não é só o foco de Energia dos Titãs, mas também o seu Reino....Tanto é que no final do filme, King Kong assume aqui a sua liderança ao lado da Monarch que, como se percebe, estabelece aqui uma espécie de posto de observação...

O NASCIMENTO DOS TITÃS - A ORIGEM DE KING GHIDORA 

O grande vilão de ""Godzilla: King of the Monsters" foi o dragão King Ghidora. Tido como o primeiro Titã da Terra, o King Ghidora é um extraterrestre que deu início à raça dos Titãs. No filme anterior, o King Ghidora foi completamente obliterado por Godzilla, mas uma das suas cabeças sobreviveu (foi arrancada num momento anterior). Numa das cenas pós créditos do filme anterior vimos como a mesma cabeça é recuperada pela Apex e "Godzilla Vs Kong" explica a razão para este facto. Ao contrário do que se esperava, esta cabeça não foi resgatada para permitir uma regeneração do King Ghidora ou para servir como material genético para a criação de monstros geneticamente modificados. Mas esta última teoria quase que se revelou acertada....Embora não tenha sido usada (ainda) para criar novos monstros, o DNA do King Ghidora extraído da sua cabeça serviu de base para o cérebro da enorme criação da Apex: o MechaGodzilla.
Ao preservar o DNA e o cérebro do King Ghidora, a Apex preservou também as capacidades telepáticas deste monstro e permitiu conferir assim ao MechaGodzilla uma espécie de consciência que, segundo o plano da Apex, poderia dar à empresa o controlo sobre todos os Titãs da Terra. É claro que o plano não correu bem....

MECHAGODZILLA

Como se esperava e especulava, nem King Kong, nem Godzilla são os grandes vilões de "Godzilla Vs Kong". Estes são, como se esperava, os heróis da história. Isto porque o grande vilão da trama é a Apex e a sua criação, o MechaGodzilla. Na sua tentativa de controlarem os Titãs e a Energia da Hollow Earth e, com isso, controlarem o Mundo, a Apex desenvolveu um grande monstro mecânico à imagem de Godzilla com o ADN do falecido King Ghidora. O grande objetivo seria usar este Monstro Mecânico para aniquilar Godzilla e controlar os restantes Titãs, mas o plano foi arruinado porque a Apex subestimou o poder do King Ghidora que, mal o MechaGodzilla foi ativado, conseguiu assumir o controlo do robot e passou a controlá-lo. E ao assumir o controlo passou também para o MechaGodzilla o seu objetivo primordial evidenciado no filme anterior: destruir Godzilla, controlar os Titãs e assumir o controlo da Terra.

FUTUROS TITÃS?

O final de "Godzilla vs Kong" traz a derrota de MechaGodzilla às mãos da aliança de Godzilla e Kong. Mas será este o final do King Ghidora? Nada indica que o material genético do King Ghidora tenha sido destruído ou que a Apex tenha sido completamente irradicada, por isso próximos capítulos podem vir a incluir novos Titãs criados por Humanos e nada diz que estes tenham que ser mecânicos....
A teoria da Hollow Earth também abre as portas para que novos Titãs apareçam no futuro. Já se sabe que há Titãs que se conseguem reproduzir e já foi dado a entender que alguns até se podem materializar de outras formas, como King Ghidora e Mothra. E nós só vimos ainda parte do Reino da Hollow Earth,,, Há portanto muito espaço para Godzilla e Kong terem novos inimigos no futuro.

GODZILLA VS KONG - OS MOTIVOS

Tal como o nome do filme indica, Godzilla defronta o King Kong (e sim os tamanhos iniciais dos monstros não foram respeitados). Esta é uma luta territorial provocada pela Apex que, devido às suas experiências, promove o confronto ao destabilizar Godzilla devido às ondas criadas pelo seu projeto relacionado com a Hollow Earth. Os dois têm alguns confrontos ao longo do filme, onde é dado a a entender que Godzilla é mais forte. Mas os dois acabam por trabalhar em conjunto no final para derrotarem MechaGodzilla, sendo que ambos acabam aliados. Os artefactos encontrados na Hollow Earth evidenciam que Godzilla e Kong têm um passado rico em conflitos, mas também evidenciam que Godzilla sempre foi a Força Protetora do Equilíbrio e que Kong sempre esteve mais próximo da Humanidade...É improvável que em futuros filmes os dois se voltem a confrontar a menos que sejam provocados por forças externas, mas é mais do que provável que ambos voltem a aliar forças...

GODZILLA VS KONG REPRESENTA O FIM DO MONSTERVERSE?

Não! No final, quer Godzilla, quer King Kong saem bem vivos. É certo que Godzilla faz o que já fez em filmes anteriores e desaparece, já Kong fica mais próximo da Humanidade e dá a entender que será agora o maior aliado da Monarch no estudo e controlo dos Titãs....Mas claro que já ficou provado por filmes anteriores que nem todos os Titãs podem ser controlados.

A NOSSA CONCLUSÃO

Acima de tudo, "Godzilla vs Kong" é um filme de monstros que cumpre aquilo que promete, ou seja, uma luta titânica entre duas icónicas personagens! O filme anterior já tinha cumprido ao entregar grandes duelos monstruosos e esta sua sequela mantém essa essência. As sequências de guerra entre Godzila, Kong e o MechaGodzilla são sublimes e são a real força vital do filme, cuja história tem, como se esperava, algumas falhas. Em todo o caso,"Godzilla Vs Kong" ajuda a fornecer uma explicação cientifica para os Titãs e ajuda a atar algumas pontas soltas que foram deixadas pelos filmes anteriores.  Os próximos filmes já não se deverão focar tanto em justificações cientificas para o surgimento e comportamentos dos Titãs, já que a teoria da Hollow Earth ajuda a explicar as suas origens, energia e poder...


Publicar um comentário

0 Comentários