Ticker

6/recent/ticker-posts

É Oficial, Portugal e Brasil Fora dos Óscares. Academia Revela Pré-Nomeados em Várias Categorias

É Oficial, Portugal e Brasil Fora dos Óscares. Academia Revela Pré-Nomeados em Várias Categorias

A 93ª Edição dos Óscares realiza-se a 25 de Abril e, enquanto não são conhecidos os nomeados finais, a Academia aproveitou para revelar os pré-nomeados em nove categorias, incluindo a de Melhor Filme Estrangeiro que tinha "Vitalina Varela" (Portugal) e "Babenco" como candidatos.

Os dois filmes acabaram por não conseguir a pré-nomeação, sendo que "Babenco" também não conseguiu chegar à pré-nomeação ao Óscar de Melhor Documentário. Entre os filmes estrangeiros que, efetivamente, chegaram aos pré-nomeados de Melhor Filme Estrangeiro destaque para as presenças de "Another Round" (Dinamarca), "Collective" (Roménia) e "La llorona" (Guatemala), os três principais candidatos à nomeação final, sendo que o filme de Thomas Vinterberg é, claramente, o maior favorito à conquista deste Óscar.

Na categoria de Documentário destacamos a presença entre os pré-nomeados de vários filmes que consideramos dos melhores em 2020, como é o caso de "Boys State" ou “Dick Johnson Is Dead” para além, la está, do romeno "Collective" e do curioso "The Mole Agent", uma produção chilena que poderá também chegar à nomeação final na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.Na luta pelo Óscar de Melhores Efeitos Especiais, uma categoria que todos os anos suscita sempre muita curiosidade por normalmente reunir os grandes blockbusters do ano tem, este ano, como se esperava, menos blockbusters a concurso (muitos foram adiados para o Verão de 2021). Ainda assim, obras como Tenet”, “Birds of Prey and the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn” e "Mulan" estão, como já se esperava, na luta. E estes três grandes candidatos terão a concorrência de obras mais independentes, como "Mank" e “Welcome to Chechnya”, mas também dos blockbusters mais modestos como “Bloodshot” ou “Love and Monsters”. 

Nas categorias sonoras (Canção Original e Banda Sonora) não há grandes surpresas a registar, sendo que a categoria de Melhor Banda Sonora está ao rubro com vários candidatos de luxo a alimentar a esperança de uma candidatura. Também a categoria de Melhor Canção Original está ao rubro. Nos anos anteriores tem havido sempre um candidato (por norma interpretado por uma grande estrela da música) que assume, desde cedo, o favoritismo, mas este ano ainda não há esse favorito.


Melhor Filme Estrangeiro

Bósnia e Herzegovina, “Quo Vadis, Aida?”
Chile, “The Mole Agent”
Costa do Marfim “Night of the Kings”
Dinamarca, “Another Round”
França, “Two of Us”
Guatemala, “La Llorona”
Hong Kong, “Better Days”
Irão, “Sun Children”
México, “I’m No Longer Here”
Noruega, “Hope”
Roménia, “Collective”
Rússia, “Dear Comrades!”
República Checa, “Charlatan”
Taiwan, “A Sun”
Tunísia, “The Man Who Sold His Skin”

Melhor Documentário

“All In: The Fight for Democracy”
“Boys State”
“Collective”
“Crip Camp”
“Dick Johnson Is Dead”
“Gunda”
“MLK/FBI”
“The Mole Agent”
“My Octopus Teacher”
“Notturno”
“The Painter and the Thief”
“76 Days”
“Time”
“The Truffle Hunters”
“Welcome to Chechnya”

Melhor Banda Sonora

“Ammonite”
“Blizzard of Souls”
“Da 5 Bloods”
“The Invisible Man”
“Jingle Jangle: A Christmas Journey”
“The Life Ahead (La Vita Davanti a Se)”
“The Little Things”
“Mank”
“The Midnight Sky”
“Minari”
“Mulan”
“News of the World”
“Soul”
“Tenet”
“The Trial of the Chicago 7”

Melhor Canção Original

“Turntables”, do filme “All In: The Fight for Democracy”
“See What You’ve Done”, do filme “Belly of the Beast”
“Wuhan Flu”, do filme “Borat Subsequent Moviefilm: Delivery of Prodigious Bribe to American Regime for Make Benefit Once Glorious Nation of Kazakhstan”
“Husavik”, do filme “Eurovision Song Contest: The Story of Fire Saga”
“Never Break”, do filme “Giving Voice”
“Make It Work”, do filme “Jingle Jangle: A Christmas Journey”
“Fight For You”, do filme “Judas and the Black Messiah”
“lo Sì (Seen)”, do filme “The Life Ahead (La Vita Davanti a Se)”
“Rain Song”, do filme “Minari”
“Show Me Your Soul”, do filme “Mr. Soul!”
“Loyal Brave True”, do filme “Mulan”
“Free”, do filme “The One and Only Ivan”
“Speak Now”, do filme “One Night in Miami…”
“Green”, do filme “Sound of Metal”
“Hear My Voice”, do filme “The Trial of the Chicago 7”

Melhor Caracterização

“Birds of Prey and the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn”
“Emma”
“The Glorias”
“Hillbilly Elegy”
“Jingle Jangle: A Christmas Journey”
“The Little Things”
“Ma Rainey’s Black Bottom”
“Mank”
“One Night in Miami…”
“Pinocchio”

Melhores Efeitos Especiais

“Birds of Prey and the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn”
“Bloodshot”
“Love and Monsters”
“Mank”
“The Midnight Sky”
“Mulan”
“The One and Only Ivan”
“Soul”
“Tenet”
“Welcome to Chechnya”

Melhor Curta Live Action

“Bittu”
“Da Yie”
“Feeling Through”
“The Human Voice”
“The Kicksled Choir”
“The Letter Room”
“The Present”
“Two Distant Strangers”
“The Van”
“White Eye”

Melhor Curta Documental

“Abortion Helpline, This Is Lisa”
“Call Center Blues”
“Colette”
“A Concerto Is a Conversation”
“Do Not Split”
“Hunger Ward”
“Hysterical Girl”
“A Love Song for Latasha”
“The Speed Cubers”
“What Would Sophia Loren Do?”

Melhor Curta-Metragem Animada

“Burrow”
“Genius Loci”
“If Anything Happens I Love You”
“Kapaemahu”
“Opera”
“Out”
“The Snail and the Whale”
“To Gerard”
“Traces”
“Yes-People”

Publicar um comentário

0 Comentários