Crítica - The Intern (2015)

Realizado por Nancy Meyers 
Com Anne Hathaway, Robert De Niro, Celia Weston 

Em 2008, Hathaway brilhou na comédia dramática "O Diabo Veste Prada", onde interpretou uma jovem estagiária que tenta cumprir as exigências de uma chefe rigorosa interpretada por Meryl Streep. Em 2015, Hathaway voltou a participar numa comédia sobre estágios empresariais, cujo nível de qualidade, imaginação e competência apresenta diferenças assinaláveis relativamente ao filme já destacado. Nesta nova aventura pelo mundos dos estágios empresariais, Hathaway interpreta uma jovem empresária obcecada pelo seu trabalho e com pouco tempo para a família que contará com a preciosa ajuda de um estagiário sénior para equilibrar a sua vida. Tal estagiário é interpretado pelo experiente Robert De Niro, cuja proficiente e positiva dinâmica com Hathaway ajuda a colocar "THe Intern" num patamar agradável mas não muito exigente. Isto porque o seu maior problema não reside nos interessantes trabalhos do seu elenco ou na direção estável da sua veterana cineasta. A sua maior falha reside apenas e só num argumento demasiado simples e previsível que afasta este projeto do seu potencial inicial.

Não há por isso nada de novo no seio de uma trama excessivamente básica que se perde constantemente em estereótipos cansativos e batidos, como por exemplo o do síndrome da mulher empresária que não tem tempo para a família e que tem por isso que arcar com consequências matrimoniais. A este juntam-se outros exemplos como o cidadão sénior que encontra um novo amor a meio de uma aventura laboral inesperada ou a interação desse cidadão com jovens trabalhadores e novos meios informáticos. No fundo, "The Intern" está repleto de clichés e não sustenta, por isso, a sua trama em ideias novas ou desenvolvimentos criativos que puxem pelo talento de um elenco bem famoso. A isto junta-se também uma preocupante falta de ideias cómicas. As situações deste género que existem, para além de escassas, não têm um apurado sentido de humor. E embora o espírito de "The Intern" seja o de uma comédia dramática descontraída esta falha importante tem na mesma que ser evidenciada porque influência todo o potencial e capacidade do filme em entreter, ou neste caso não entreter, o espectador.

Classificação - 2 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial