Crítica - What to Expect When You're Expecting (2012)

Realizado por Kirk Jones
Com Cameron Diaz, Elizabeth Banks, Jennifer Lopez, Rodrigo Santoro

As minhas expetativas para este “What to Expect When You're Expecting” eram extremamente baixas e no final acabaram por se revelar acertadas, muito embora tenha ficado agradavelmente surpreendido com o satisfatório trabalho das várias estrelas que formam o seu elenco e até com a sua fraca mas descontraída história, que se centra em cinco casais que lidam de forma diferente com a gravidez e com os problemas e as alegrias inerentes a este belo processo natural que mudará para sempre as suas vidas.


Tal como os fracos e recentes "New Year's Eve" e "Valentine's Day", "What to Expect When You're Expecting" aborda em simultâneo várias histórias individuais que, neste caso concreto, oferecem-nos um olhar demasiado relaxado e inocente sobre a gravidez e tudo o que ela envolve. Ao todo são abordadas cinco histórias individuais que são levemente baseadas nos relatos e conselhos maternais presentes no homónimo best-seller de Heidi Murkoff e Sharon Mazel, um conhecido guia maternal que tenta elucidar os futuros pais sobre os desafios do período de gestação, no entanto, nenhuma das mini-histórias deste filme tem um conceito muito realista ou um sentido verdadeiramente teórico, sendo até bastante fúteis, irrealistas e entediantes. A única que ainda tem algum interesse é a história de Holly (Jennifer Lopez)/ Alex (Rodrigo Santoro) que aborda timidamente alguns temas realmente difíceis e emotivos como a adoção, a infertilidade e o delicado processo de consciencialização e aceitação das responsabilidades parentais. As outras quatro histórias também exploram algumas consequências da gravidez, mas focam-se sobretudo no romance, no entanto,  por muito estranho que isto possa parecer,  nenhuma das cinco mini-histórias abordadas é dotada de uma vertente romântica minimamente apaixonante ou imaginativa, uma falha grave que se manisfesta essencialmente na medíocre construção e contextualização romântica dos cinco casais centrais e nas conversas sem chama ou fundamento que os membros desses casais têm entre eles. O lado cómico deste filme também é muito fútil, sendo muito difícil de encontrar uma cena verdadeiramente criativa e divertida no meio de tanta coisa desnecessária e aborrecida, muito embora vários atores/ humoristas como Elizabeth Banks, Chris Rock, Rob Huebel, Thomas Lennon e Ben Falcone tenham tentado, sem muito sucesso, conferir um pouco de diversão e sentido de humor a esta obra através das suas carismáticas personalidades. O enredo de "What to Expect When You're Expecting" é desta forma um verdadeiro festival de aborrecimento e leviandade, mas acaba por ser mais coeso e até um bocado mais divertido que os de outras grandes produções do género que passaram recentemente pelas nossas salas de cinema e que são muito piores, a todos os níveis, que esta obra.

Classificação - 1,5 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana

Membro Oficial

Membro Oficial