Crítica - Piranha 3DD (2012)

Realizado por John Gulager
Com Danielle Panabaker, David Hasselhoff, Matt Bush

Para um filme sobre peixes assassinos e sangrentos massacres aquáticos, “Piranha 3D” (2010) até não está nada mal conseguido e, apesar de estar cheio de imperfeições, consegue entreter todos aqueles que estejam dispostos a apreciar a sua falta de seriedade. Infelizmente, este sofrível “Piranha 3DD” está bem longe de ser tão cativante ou tolerável como o seu bem-sucedido antecessor, porque junta uma inexplicável ausência de diversão e violência à tradicional falta de integridade e qualidade narrativa. A história deste “Piranha 3DD” desenrola-se um ano após os fatídicos eventos retratados em “Piranha 3D”, que culminaram com a morte de dezenas de estudantes universitários. O local dessa matança (Lago Vitória) foi alvo de um violento e necessário processo de exterminação, que matou grande parte das violentas piranhas pré-históricas que, para sobreviverem, foram forçada a migrar para um novo lago que faz fronteira com o Parque Aquático Big Wet, uma recém-renovada atração turística que se torna no novo alvo destes peixes carnívoros. 
 Se “Piranha 3D” é um filme idiota sem muito sentido, então este “Piranha 3DD” é um filme ainda mais idiota e sem nenhum sentido. O seu enredo é absolutamente ridículo, mas a sua maior falha reside na surpreendente e incompreensível escassez de sequências explícitas de terror e violência, ou seja, sequências semelhantes àquelas que contribuíram para transformar “Piranha 3D” num filme minimamente razoável. O melhor exemplo da evidente falta de gore desta sequela reside no grande massacre final que, comparado com o do primeiro filme, é um verdadeiro festival de tédio. Em suma, “Piranha 3DD” não tem praticamente nenhum momento gratificante de temor, humor, tensão ou crueldade, tem sim muita nudez feminina, um elenco desastroso e uma trama ainda mais absurda que a do seu antecessor, que continua a ser, no meu entender, um filme idiota que compensa ser visto por quem queira ver uma razoável mas irrealista mistura entre humor e violência sem barreiras. 

 Classificação – 1 Estrela em 5

5 comentários:

  1. Uma das piranhas pisca o olho para a câmara xD
    É mais q ridiculo esse...(filme?) ahah

    ResponderEliminar
  2. Um filme desse estilo nao lhe traz nada de bom.. A nao ser um entretenimento momentaneo... O que tbm pode ser o que muitos estao buscando no momento de assistir!!! Apenas curtir o momento.. Hheh

    Abraco

    ResponderEliminar
  3. A verdade é que o primeiro filme foi mau mas ainda conseguiu vender bastante. Apesar da historia, argumento, piranhas (tudo) ser abordado de forma tão ridícula, mas não intencional, pareceu-me que neste "Piranhas 3DD" nem houve preocupação em disfarçar e a ideia seria algo do tipo "Scary Movie"... Um forte candidato aos "Razzies".

    ResponderEliminar
  4. Esse filme é tão ridículo que deviam prender o director e produtor por gozarem com a inteligencia das pessoas que o assistiram...lixo de filme!!

    ResponderEliminar
  5. Muito ruim esse filme. Narrativa mto pobre, mtas partes sem nexo...muita nudez...sangue e partes mto sem graça.o final conseguiu ser mais ridículo ainda....

    ResponderEliminar

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial