Crítica - Red Dawn (2012)

Realizado por Dan Bradley
 Com Chris Hemsworth, Josh Peck, Josh Hutcherson

A versão original de “Red Dawn” (1984) não é grande coisa, mas por muito má que seja acaba por não ser tão má como esta sua terrível versão moderna que ilustra na perfeição a incompetência e a incapacidade de Dan Bradley (Realizador) e Carl Ellsworth (Guionista), as duas grandes criativas por detrás deste horrendo remake que mantém as irritantes falhas do fraco filme de ação de John Milius e acrescenta ainda novos e evitáveis erros de coesão e realismo à sua leviana e sofrível trama que, tal como a do filme da década de oitenta, desenrola-se numa calma cidade norte-americana que é alvo de um orquestrado, inesperado e magnânimo ataque militar perpetrado por uma coligação internacional contra a soberania norte-americana. A cidade fica de imediato sob o controlo do exército invasor e a vasta maioria dos seus cidadãos são feitos reféns. Os poucos habitantes que conseguiram escapar à invasão acabam por fugir para outros estados mais seguros, mas um pequeno grupo de jovens patriotas decidem ficar e lutar para recuperarem a sua liberdade.
 

O argumento desta fraca refilmagem é muito parecido com o do mediano filme original em praticamente todos os aspetos principais, já que ambos apostam em demasia no sentido patriótico do espetador e jogam com o conturbado ambiente político que se vive/ vivia um pouco por todo o mundo. Estes artifícios são absolutamente ridículos e só deverão iludir os menos experiente ou os mais ingénuos, porque não tenho dúvidas que a vasta maioria dos espetadores objetivos e imparciais não vão ser aliciados ou ludibriado pelo frívolo ambiente de medo que reina neste remake nem pelas suas ridículas mensagens de apoio cego ao militarismo extremo e até ao antissemitismo. A grande maioria do público também não ficará indiferente às inúmeras falhas que marcam esta obra e que vão desde erros básicos de coerência a caricatas falhas de raciocínio, que deturpam por completo as leis da lógica e do bom senso. Os exemplos destes problemas estão espalhados por todo o filme e incluem, por exemplo, o mega-rápido treino militar do grupo de jovens ou toda a teoria que sustenta a invasão das tropas beligerantes e a ausência de resposta do exército norte-americano. A ligar todos estes gritantes defeitos estão muitos diálogos sem qualquer valor dramático ou intelectual entre personagens sem nenhuma complexidade, bem como uma ampla variedade sequências de ação exageradas, mas surpreendentemente pobres em violência, credibilidade e até ação. O pessimismo e pobreza de "Red Dawn" também deriva da insossa direção de Dan Bradley e do seu elenco teoricamente cativante, já que reúne algumas das grandes jovens estrelas da atualidade como Chris Hemsworth, Josh Peck, Josh Hutcherson, Adrianne Palicki e Isabel Lucas, mas a verdade é que nenhuma destas estrelas com potencial tem uma performance condizente com a sua fama, sobretudo os astros Chris Hemsworth e Josh Hutcherson que tinham a obrigação profissional de nos dar mais e melhor. Se o objetivo da ContraFilm (Estúdio) passava por criar um remake que conseguisse superar o produto original em todos os aspetos, então não há dúvidas que os seus esforços falharam redondamente e o seu elevado investimento não deu frutos, porque este “Red Dawn” é notoriamente mais fraco e estéril em todos os parâmetros que o conhecido filme da década de oitenta, que por sua vez também não é nenhum clássico. As más decisões de Dan Bradley acabaram por transformar a fórmula implausível e antiquada desta produção num nefasto filme de ação com muitas debilidades, onde não há lugar para a lógica ou até para a intensidade. 

 Classificação - 1 Estrela em 5

1 comentários:

  1. Concordo plenamente! Inclusive parei no meio do filme pra vir procurar na Internet algo que pudesse explicar um enredo tão fraco!!!
    Como esse Exército conseguiu invadir os Estados Unidos???
    Onde está a resposta do Governo Americano para tal invasão???
    Como meia duzia de jovens despreparados vão conseguir combater uma invasão como essa???
    Sem noção total esse filme.

    ResponderEliminar

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial