Canais Premium de Cinema e Televisão. Vale a Pena o Custo Extra?


Será que os Canais, Serviços e Aplicações Premium de Cinema e Televisão presentes em Portugal, como o TVCine ou a Netflix, valem a pena? A resposta depende muito de cada um.
Os pacotes simples das várias operadores TVCabo a operar em Portugal têm muitos canais, mas a maior parte deles, verdade seja dita, acabam por não interessar a ninguém. Para os amantes de cinema e séries, o Canal Hollywood, o Canal Syfy, os Canais AXN (Normal, Black e White), o Canal Cinemundo e os Canais FOX (Normal, Life e Crime) estão já disponíveis nos pacotes normais em todas as plataformas, havendo algumas operadoras que optam por incluir também o FOX Movies e Comedy, assim como o Canal AMC, no seu pacote normal. Ao passo que outras incluem estes mesmos canais, tal como o Canal MOV, no pacote premium que é relativamente mais caro. Em todo o caso todas as operadores oferecem a possibilidade aos seus assinantes de adicionarem a qualquer altura à sua grelha qualquer canal que não faça originalmente parte do pacote normal, mas claro está que isto implica um custo mensal que ronda os 2 Euros, algo que torna por arrasto a inclusão desses mesmos canais bastante dispensável, excepção feita se for verdadeiramente um amante das suas programações. E digo isto porque todos os canais supracitados têm uma boa programação, quer a nível de séries, quer a nível de filmes. No que toca ao cinema, quando já se tem na grelha um Cinemundo e um Canal Hollywood, torna-se, por exemplo, um pouco desnecessário comprar um canal Fox Movies ou um Canal AMC, já que as suas programações cinematográficas são bastante similares. Neste ponto convém recordar que não há programações cinematográficas exclusivas, como acontece com as séries. Já não é por isso a primeira vez que os canais FOX, Cinemundo e Hollywood exibem os mesmos filmes em semanas diferentes, basta aliás recordar o recente caso de "Battleship" que, após passar na FOX, passou quase no mês seguinte no Canal Hollywood. Não há portanto grande beneficio para os cinéfilos, fora uma ou outra excepção, em juntar canais básicos ao seu pacote por um custo que se revela abusivo e excessivo no final do ano. A discussão já é um pouco diferente quando falamos de séries, já que o AMC, Fox Comedy e MOV têm todos séries específicas que só passam nesses mesmos canais, mas lá está, nos dias que correm há que ter em conta todos os factores e só compensará mesmo comprar um desses canais se for um fã incontornável da série ou de uma das suas estrelas. Mas também aqui julgo não fazer grande sentido pagar a diferença por um canal que, como certas operadores provam, devia fazer parte do pacote básico de programação de qualquer um sem custos acrescidos. 
Se adicionar, por exemplo, um Canal AMC ou um Canal MOV ao seu pacote é financeiramente discutível, o mesmo já não se aplica à decisão de passar a assinar o TVCine ou a Netflix. A questão aqui é completamente diferente. Antes de falar da Netflix e do TvCine convém antes falar do FoxPlay, aplicação da FOX que permite ver e rever todas as séries do canal, mas que ainda assim apresenta um conteúdo e alcance muito mais reduzido que a Netflix, por exemplo, já que só se foca em séries do canal exibidas em Portugal. A grande vantagem é que o FoxPlay é gratuito para os clientes dos serviços de televisão por subscrição com box que tenham incluídos no seu pacote os canais FOX, FOX Life e FOX Crime. Um verdadeiro fã de "The Walking Dead" ou "Anatomia de Grey", por exemplo, verá muitas vantagens em ter o FoxPlay. No meu caso pessoal admito que não tenho nenhuma vantagem prática em ter esta app e, por isso mesmo, considero a FoxPlay desnecessária para mim. Há quem tenha, no entanto, todo o interesse em ter esta app e, como já disse, não custa nada usufruir deste serviço. 
O que já custa na carteira é a Netflix. Este serviço, que é francamente popular nos Estados Unidos da América, tem em Portugal um custo mensal de aproximadamente 8 Euros. Será que vale a pena? Ao final do ano paga, no mínimo, quase 100 Euros só de Netflix, por isso se tem um orçamento apertado desista já da ideia de ter a Netflix ou os Canais TVCine, mesmo que seja grande fã de cinema ou séries. A verdade é que nenhum canal premium vale o esforço financeiro para pessoas com orçamento controlado ou dificuldades financeiras. É certo que estes serviços são confortáveis e fazem um certo jeito, mas não são de todo essenciais para um entretenimento de qualidade. São sempre um extra, um luxo ou um miminho que podemos ter, mas que financeiramente nunca compensam. E esta é a dura realidade. 
No caso particular da Netflix o custo/beneficio tem certas condicionantes. O serviço está bem montado e oferece muitos conteúdos, uns exclusivos outros não tanto, quer no cinema, quer na televisão. Uma das vantagens é que pode ver o que quiser quando quiser, sem estar dependente dos desejos dos programadores e da programação do canal. E isto parecendo que não é uma vantagem gigante. Ainda assim, o Netflix apenas compensa para casas, repito, com um orçamento desafogado e cujo consumo de televisão seja bastante elevado. Se raramente está por casa ou raramente lhe apetece ver séries ou filmes, seja no pc, seja na tv, então esqueça este serviço que, ainda assim, em questão de filmes, é muito mais atrativo financeiramente que alugar um filme nos vários serviços VOD das operadores. É porque neste caso não tenho qualquer dúvida sobre a sua utilidade. A menos que tenha vales para este efeito, afaste-se dos serviços VOD, aposte antes num Netflix ou numa ida ao Cinema que fica certamente a ganhar muito mais e, pelo meio, acaba por não ter tantas preocupações, já que os serviços VOD cobram efetivamente um preço exagerado por tudo aquilo que oferecem.
Diferente do Netflix são os Canais TVCine e Séries. Será que estes canais valem a pena? Sem descontos, os Canais TVCine e Séries custam 10 Euros por mês, o que perfaz um custo de 120 Euros por ano. Já o Canal TVSéries sozinho fica por metade do preço. Em ambos os casos aplicasse quase o mesmo que já disse relativamente ao Netflix, com a importante excepção de nestes canais ter que se sujeitar à programação e aos desejos do canal. Se for um ávido consumidor de cinema na televisão verá que, caso opte por ter o TVCine, acabará eventualmente por nunca mais olhar para qualquer outro canal de cinema, como o Canal Hollywood e Cinemundo. No caso das séries já depende, lá está, dos seus gostos e das séries que segue, porque o TVSéries aposta apenas em séries exclusivas, muitas das quais têm pouca popularidade em Portugal. É claro que o TVCine é caro para qualquer carteira, mas ainda assim apresenta uma programação variada composta por filmes que estiveram recentemente nas salas de cinema ou que nem sequer por lá passaram, sendo esta uma clara vantagem. 
É claro que a real vantagem de ter estes canais depende sempre muito da sua utilidade para o utilizador. Neste sentido importa recordar que só pode ter os TVCine e Séries em televisões equipadas com BOX. Numa casa com seis televisões, por exemplo, se apenas tiver uma BOX só pode ver os canais TVCine na televisão com essa BOX, tendo por isso que equipar as outras televisões com BOXs extra para usufruir deste serviço. Fazendo as contas, isto ficaria caríssimo. Será que neste cenário iria aproveitar o serviço em pleno? O mesmo problema já não se aplica, por exemplo, ao Netflix que, já me ia esquecendo de referir, apresenta também a grande vantagem de poder ser utilizado, em simultâneo ou não, na maior parte dos computadores.
Tudo isto exposto caberá a cada um decidir o que pretende para a sua televisão e para o seu entretenimento. Na questão dos serviços premium, a Netflix e os TVCine têm as suas respetivas vantagens e desvantagens, mas no fundo tudo se resume à utilidade futura e, acima de tudo, à carteira de cada um. Antes de tomar qualquer decisão informe-se junto da sua operadora ou dos próprios serviços e, repito, faça sempre as contas antes de assinar e, claro está, pense para si próprio, será que quero pagar 8 ou 10 Euros por mês por um serviço que nunca vou usufruir em pleno?

3 comentários:

  1. Excelente artigo / crónica. Falta é referir um ponto extremamente importante no serviço Netflix: é possível partilhar a conta com mais pessoas! No meu caso, partilho com um primo que está no Canadá, embora esteja limitado ao catálogo nacional. Do meu ponto de vista, partilhando a conta com até 4 amigos, é um serviço muito bom. Já tive TV séries, e embora algumas das minhas séries preferidas passem lá, há muitos meses em que nenhuma delas está no ar. Atenção que na Vodafone a TvSeries custa metade do que na concorrência.

    ResponderEliminar
  2. Excelente artigo, todavia falta referir um dado importantíssimo relativamente ao serviço Netflix: a nossa conta pode ser partilhada com um máximo de 3 amigos (4 a contar com o titular), o que torna extremamente atrativo o serviço/preço. No meu caso, partilho a conta com um primo que está no Canadá, embora só tenha acesso ao catálogo português, e ele, ao canadiano.

    Nota: o TVSeries na Vodafone só custa 2,5€.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão relativamante à Vodafone. E obrigado também pelo registo relativamente ao Netflix, que é também importante. Obrigado

      Eliminar

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial