Crítica - The Normal Heart (2015)

Realizado por Ryan Murphy
Com Mark Ruffalo, Jonathan Groff, Frank De Julio

Os primórdios da epidemia da SIDA/HIV nos Estados Unidos da América servem de mote para a história de “The Normal Heart“, um telefilme da HBO que se poderia até confundir com uma grande produção dramática de Hollywood candidata aos Óscares, mas não propriamente pelo seu valor que é, infelizmente, bastante mediano atendendo as expectativas. Poderia sim confundir-se com um projeto desse género graças ao seu elenco de luxo liderado por estrelas tão diversas como Mark Ruffalo, Matt Bomer, Taylor Kitsch, Jim Parsons, Alfred Molina, Joe Mantello, Jonathan Groff e Julia Roberts. Este elenco estrelar faz o que pode para transmitir o máximo de drama e brilho a uma história que é tematicamente poderosa e historicamente competente, mas que infelizmente não apela ao espectador. Embora “The Normal Heart” seja um produto dramático bem competente, com uma pitada até curiosa de erotismo pelo meio, acaba por não se sobressair como um projeto dramático memorável ou até como um retrato irrepreensível dos primórdios de uma das maiores epidemias do Século XX. É, ainda assim, um competente telefilme, mas esperava-se que a sua trama contivesse um pouco mais de sumo dramático e humano.

Classificação - 3 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial