Sacrifícios Pelo Papel - Gary Oldman Quase Morreu Por Interpretar Winston Churchill em The Darkest Hour

Todos nós sabemos que Gary Oldman é muito dedicado aos seus papéis, mas o seu último papel quase o matou. Oldman interpreta o Ex-Primeiro Ministro Britânico em "Darkest hour", uma biopic da famosa figura presidencial que acompanha os seus piores momentos durante a 2ª Guerra Mundial. O que poucos sabem é que Oldman teve que ser hospitalizado de urgência durante as filmagens por ter fumado demais. O ator sofreu um envenenamento por nicotina que, caso não tivesse sido detetado a tempo, poderia ter-lhe sido fatal. O ator revelou esta informação e explicou como é que ficou envenenado. A pedido de Joe Wright, Oldman teve que fumar charutos durante boa parte das filmagens, já que Churchill era um, conhecido fumador e estava sempre a fumar. É por isso que em boa parte do filme vemos Oldman de charuto na boca. O problema é que Oldman teve que fumar entre sete a dez charutos durante cada cena, porque a mesma poderia ter vários takes. No final de um mês, Oldman já tinha consumido uma enorme quantidade de nicotina à conta das gravações e, certo dia, o seu corpo finalmente cedeu perante o excesso desta substância e o ator teve que ser hospitalizado. O que se seguiu foi uma desintoxicação e uma maior contenção, já que Oldman, um fumador na vida real, viu-se obrigado a parar de fumar durante uns tempos. O esforço terá valido a pena, já que Oldman é um dos grandes candidatos ao Óscar de Melhor Ator pela sua interpretação. Mas será que esta pequena aventura não trará outras consequências no futuro?

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial