Crítica - Tracers (2015)

Realizado por Daniel Benmayor 
Com Taylor Lautner, Marie Avgeropoulos, Adam Rayner 

Se não fosse pela presença de Taylor Lautner no seu elenco, "Tracers" não teria passado sequer pelas salas de cinema portuguesas ou estrangeiras, já que tudo neste filme de ação denota uma mediocridade impressionante que se aproxima perigosamente à fraca qualidade e às promessas vazias dos chamados B-Movies. Sem qualquer tipo de teor narrativo empolgante, a trama de "Tracers" resulta de uma fórmula banal que parece misturar o pior dos filmes de ação com o pior das aventuras juvenis, ou seja, nada no enredo desta produção promove a curiosidade ou o interesse do público que, em jeito de originalidade, apenas pode contar com a inclusão do desporto radical parkour numa trama de ação sem chama ou valor, mas atenção que "Tracers" não é inovador nesta matéria, já que esta temática já foi introduzida num passado recente por "Brick Mansions" (2014), um dos últimos projetos do falecido ator Paul Walker. 
 E o que dizer da presença de Taylor Lautner? Conhecido pela sua participação nos filmes "Twilight", Lautner já foi mais popular do que é atualmente e não se pode dizer que faça parte do leque de jovens promessas de Hollywood, já que até ao momento apenas deve a sua fama momentânea à sorte de ter participado numa das sagas juvenis mais populares dos últimos anos. Sem os filmes "Twilight" como alento comercial, a carreira de Lautner tem sido um autêntico deserto e um verdadeiro cemitério de fracassos, sendo "Tracers" a mais recente adição a esse leque de produções medianas sem nenhuma qualidade latente. A sua performance neste projeto é igual a todas as outras, ou seja, uma prestação meramente física sem qualquer valor e sem nenhuma chama, mas também verdade seja dita que o próprio filme não tem nenhuma destas qualidades e, por isso, nunca puxaria por uma performance decente de qualquer ator, muito menos de um ator tão medíocre como Lautner que, nesta produção, dá vida a Cam, um mensageiro de bicicleta que anda a ser perseguido por um gangue de mafiosos na cidade de Nova Iorque e que, graças a uns novos amigos, entra em contacto com o mundo do parkour que o vai ajudar a sobreviver aos perigos que se avizinham. O que importa ressalvar da prestação de Lautner em "Tracers" é que, salvo uma drástica mudança de direção, a sua carreira em Hollywood não deverá durar muitos mais anos, sendo já certo que muito dificilmente atingirá o nível de qualidade e entrega dos seus dois colegas da saga "Twilight": Kristen Stewart e Robert Pattinson.

Classificação - 1 Estrela em 5


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial