Ticker

6/recent/ticker-posts

Previsão Dos Vencedores dos Óscares 2021 - Categorias de Som e Caracterização

Os vencedores da 93ª Edição dos Óscares serão conhecidos a 25 de Abril. Até lá, o Portal Cinema irá prever os vencedores em 20 categorias (excluindo as categorias dedicadas às curtas-metragens) e gostaríamos de saber se concorda ou não com as nossas apostas! 


Previsão Dos Vencedores dos Óscares 2021 - Categorias de Som e Caracterização


No artigo de hoje dedicamos as nossas previsões às três categorias de som e à categoria de caracterização. E vamos começar por esta última. Entre os nomeados estão os outsiders "Pinocchio" e "Hillbilly Elegy" que não deverão causar a surpresa, assim como "Mank" que não será aqui que conseguirá uma vitória destacada. A dúvida recai nos estreantes Marese Langan pelo filme de época "Emma" e em Mia Neal, Sergio Lopez-Rivera e Jamika Wilson por "Ma Rainey's Black Bottom". A nossa aposta recai na equipa tripla do filme da Netflix pela bela recriação no que toca a maquilhagem e estilo capilar dos Anos 20 do Século XX. Mas esta é uma das categorias mais abertas desta edição, por isso até Langam poderá chegar à vitória! 


Leia Também: Previsão Dos Vencedores dos Óscares 2021 - Melhor Realizador  & Categorias de Imagem


No Som a categoria Rainha é a de Melhor Banda Sonora. É bem provável que Trent Reznor suba ao palco para aceitar o Óscar (que será o seu segundo após "The Social Network"), até porque as probabilidades estão a seu favor já que está nomeado por dois filmes: "Soul" e "Mank". A nossa aposta recai na vitória de "Soul", onde Reznor colaborou com Jon Batiste e Atticus Ross. Emile Mosseri, estreante nestas andanças, poderá surpreender com "Minari", mas seja por "Soul" ou por "Mank" parece mesmo que este Óscar vai para a casa do vocalista dos Nine Inch Nails. 

A 93ª Edição marca uma estreia nos Óscares com o lançamento da categoria de Melhor Som, uma junção das categorias de Melhor Mistura e Edição de Som. Na estreia parece haver uma disputa titânica entre "Sound of Metal" e "News of the World" com uma ligeira vantagem para o primeiro. É a nossa aposta e seria uma bela vitória por parte de uma equipa formada por Phillip Bladh, Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michelle Couttolenc, Carlos Cortés e Carolina Santana que conseguem transformar o som num dos protagonistas de um filme onde a surdez está no epicentro da trama. 

Também há uma luta titânica na categoria de melhor Canção Original. Este ano não encontramos entre os nomeados nenhuma canção interpretada por uma grande estrela da música. Nos últimos anos, por exemplo, Elton John ("Rocketman"), Lady Gaga" ("A Star is Born") e Sam Smith" ("Spectre") foram alguns dos vencedores nesta categoria e desde cedo assumiram o seu favoritismo. Este ano não há um favorito claro nem nenhuma canção em clara evidência. Em abono da verdade qualquer canção poderá ganhar mas a nossa aposta recai em "Speak Now", uma canção criada por Sam Ashworth & Leslie Odom Jr. para "One Night in Miami...". É uma canção que tem o star power e que parte como líder, mas atenção à canção "Io sì (Seen)" escrita pela veterana Diane Warren para o drama italiano "The Life Ahead". Será que à 12ª Nomeação, Warren ganha o Óscar?

Publicar um comentário

0 Comentários