Ticker

6/recent/ticker-posts

A Nossa Análise Detalhada Aos Nomeados da 93ª Edição dos Óscares

A Nossa Análise Detalhada Aos Nomeados da 93ª Edição dos Óscares

Há uma semana lançamos a nossa Previsão dos Nomeados aos Óscares 2021 e, hoje, a Academia anunciou os Nomeados. Esta lista final pouco difere das nossas previsões, ainda assim há que registar algumas surpresas. Fique a conhecer todos os nomeados e a nossa análise detalhada em cada categoria, mas antes uma consideração geral.

Podem não ter existido grandes surpresas, mas existiram grandes confirmações. Tal como nos Globos de Ouro, "Mank" é o filme mais nomeado (10 Nomeações), mas não deverá traduzir estas nomeações em vitórias expressivas. O grande favorito continua a ser "Nomadland" que é praticamente o grande favorito à vitória nas seis categorias em que conseguiu nomeações, sendo que é nas categorias de Melhor Filme e Realizador que mais atenção despertará! Estas nomeações vêm confirmar a ascensão da Netflix como um dos estúdios mais nomeados, mas atenção que o grupo Disney/Fox também embalou para algumas nomeações importantes que o colocam no mapa. Entre as ausências confirma-se o descalabro de "Da 5 Bloods" (1 Nomeação) e as ausências totais de "Hamilton" e "The Mauritanian".


Melhor Filme

Nomadland

Promising Young Woman

Minari

The Trial of the Chicago 7

Sound of Metal

The Father

Mank

Judas and the Black Messiah


Tínhamos colocado 10 nomeados na categoria de Melhor Filme, mas também antevimos que a Academia não ia preencher as 10 vagas disponíveis. Não houve grandes surpresas nesta categoria, mas quem ficou de fora? Os sacrificados foram "Soul" e "One Night in Miami" que constavam da nossa previsão de 10 Nomeados, mas ficaram de fora dos 8 Selecionados. Tal como era esperado, "Nomadland", "The Trial of the Chicago 7", "Promising Young Woman" e "Minari" conseguiram a nomeação e partem como favoritos. Nunca consideramos  "Ma Rainey's Black Bottom" como candidato ao Óscar de Melhor Filme, contrariando assim a expectativa da imprensa norte-americana, por isso a sua ausência não é chocante.



Melhor Realizador

Chloé Zhao - "Nomadland"

David Fincher - "Mank

Lee Isaac Chung - "Minari

Thomas Vinterberg -  "Another Round" 

Emerald Fennell - "Promising Young Woman


Parece certo que a vitória nesta categoria está reservada a Chloé Zhao por "Nomadland". A sua nomeação era por isso mais do que previsível, assim como as de Emerald Fennell (Promising Young Woman) e Lee Isaac Chung (Minari).  Esta foi, contudo, a categoria com mais surpresas, já que Aaron Sorkin ("The Trial of the Chicago 7") ficou de fora. A surpresa entre os nomeados coube à presença de Thomas Vinterberg ("Another Round") que, assim, parece continuar a tendência do realizador do maior candidato ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro também ser nomeado ao Óscar de Melhor Realizador.


Melhor Ator 

Chadwick Boseman - "Ma Rainey's Black Bottom"

Anthony Hopkins - "The Father"

Riz Ahmed - "Sound of Metal

Gary Oldman - "Mank"

Steven Yeun - "Minari"


A categoria de Melhor Ator é, como anunciamos, muito concorrida. Mas este ano os nomeados eram fáceis de prever, como aliás acabou por acontecer. As nossas cinco previsões são os cinco nomeados.  Era expectável que Chadwick Boseman fosse, pelo menos, homenageado com uma nomeação pela sua prestação em "Ma Rainey's Black Bottom". O seu grande rival será sempre Anthony Hopkins, um veterano que mostra toda a sua garra em "The Father". Quem os acompanha na lista de nomeados são Gary Oldman, Riz Ahmed e Steve Yeun!


Melhor Atriz 

Carey Mulligan - "Promising Young Woman

Frances McDormand - "Nomadland"

Andra Day - "The United States vs. Billie Holiday"

Viola Davis - "Ma Rainey's Black Bottom

Vanessa Kirbi - "Pieces of a Woman"


Esta confirmado que é uma das categorias mais interessantes desta edição. Havia quatro nomeações já asseguradas para Frances McDormand, Carey Mulligan, Andra Day e Viola Davis. Mas quem ficaria com a quinta vaga? Chegamos a pensar que a Academia poderia homenagear a grande Sophia Loren, mas a aposta acabou por ser mais surpreendente, já que recaiu em Vanessa Kirby pela sua performance em "Pieces of a Woman" (Em Exibição na Netflix).


Melhor Ator Secundário

Daniel Kaluuya - "Judas and the Black Messiah"

Sacha Baron Cohen - "The Trial of the Chicago 7

 Paul Raci por "Sound of Metal"

Leslie Odom, Jr. - "One Night in Miami"

 Lakeith Stanfield - "Judas and the Black Messiah"


Parece já quase certo que o Óscar desta categoria será entregue a Daniel Kaluuya. Será justo dizer que os restantes nomeados lutarão sempre pelo segundo lugar, ainda assim estas nomeações trouxeram algumas surpresas face às previsões. David Strathairn (Nomadland) Bill Murray (On the Rocks) estavam bem cotados mas ficaram de fora, dando lugar ao justíssimo Paul Raci por "Sound of Metal" e....ao surpreendente Lakeith Stanfield por "Judas and the Black Messiah"


Melhor Atriz Secundária

Olivia Colman - "The Father"

Maria Bakalova - "Borat 2"

Yuh-Jung Youn - "Minari

Glenn Close - "Hillbilly Elegy

Amanda Seyfried - "Mank


À semelhança da categoria de Melhor Atriz, a de Melhor Atriz Secundária também é uma das mais renhidas. Embora os Razzie tenham nomeado Glenn Close na categoria de Pior Atriz por "Hillbilly Elegy", certo é que a Academia cumpriu as previsões e fez justiça a Close, tendo nomeado esta talentosa atriz ao Óscar de Melhor Atriz Secundária pelo seu papel neste filme de Ron Howard. É certo que não ganhará o Óscar, mas a nomeação é mais que merecida e repõem justiça ao seu nome após neste fim de semana ter sido injustamente sinalizada pelos Razzies. Também  Olvia Colman, Yuh-Jung Youn e Amanda Seyfried  chegam à nomeação, como se esperava, mas Jodie Foster, que venceu o Globo de Ouro, ficou surpreendentemente de fora. Quem tomou o seu lugar foi Maria Bakalova pela sequela de "Borat" e esta é bem capaz de ser a grande injustiça deste ano dos Óscares...


Melhor Argumento Original

The Trial of the Chicago 7

Promising Young Woman 

Judas and the Black Messiah

Minari

Sound of Metal


"The Trial of the Chicago 7" e "Promising Young Woman" tinham o favoritismo e, sem dúvida, confirmaram a expectativa que será entre estes dois filmes  que o Óscar de Argumento Original será decidido. Infelizmente, "Soul" não conseguiu intrometer-se na luta, mas por outro lado há que saudar a presença de "Minari" e "Sound of Metal" entre os nomeados. 


Melhor Argumento Adaptado

Nomadland

The Father

Borat 2  

 One Night in Miami

The White Tiger


No que toca ao Melhor Argumento Adaptado, Chloé Zhao e o seu "Nomadland" são os favoritos e já tinham  a nomeação garantida. A surpresa está na presença da sequela de "Borat" nesta categoria, algo que surpreende porque o filme nunca esteve entre as cotações para esta categoria. Tínhamos previsto que entre os cinco nomeados haveria uma grande surpresa indie. A nossa aposta recaiu no bizarro "I'm Thinking of Ending Things", mas esta vaga acabou por ir justamente para "The White Tiger"


Melhor Filme de Animação

Soul

Wolfwalkers

Onward

A Shaun The Sheep Movie: Farmageddon

Over the Moon


Estamos a falar de nomeados, mas aqui não parece já haver grande dúvida sobre que filme vencerá este Óscar. "Soul" é o grande favorito e arrisco a dizer que de todas as categorias da 93ª Edição dos Óscares, esta é aquela mais previsível de todas. As nomeações de "Wolfwalkers", "A Shaun The Sheep Movie: Farmageddon", "Over The Moon" são  prémios merentórios para os estúdios responsáveis que têm uma dimensão comercial bem menor que a Pixar...


Melhor Filme em Língua Estrangeira

Another Round (Dinamarca)

Better Days (Hong Kong)

Collective (Roménia)

The Man Who Sold His Skin (Tunísia)

Quo Vadis, Aida (Bósnia e Herzegovina)


"Another Round" é o grande candidato e confirmou a nomeação. O seu favoritismo é igualmente confirmado pela nomeação de Vinterberg na categoria de Melhor Realizador, "Collective" e "Quo Vadis, Aida" eram outras nomeações previsíveis, já a surpresa sobrou para a ausência de "Two of us" que até considerávamos o segundo grande favorito a esta categoria...Já mais esperada era a ausência de "La Llorona" devido ao seu estilo menos apreciado pela Academia...Quem tomou os seus lugares foram os filmes "Better Days" e "The Man Who Sold His Skin", sendo a grande surpresa a presença da obra de Hong Kong.


Melhor Documentário

Time

Crip Camp: A Disability Revolution

Collective

The Mole Agent

My Octopus Teacher


Houve surpresas entre os nomeados. Sim  "Time", "Crim Camp" e "Collective" confirmaram o favoritismo, mas apraz-nos muito ver "The Mole Agent" entre os candidatos. Pode não ter chegado ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, mas este é um prémio merecido para esta curiosa obra. Uma boa surpresa por parte da Academia. 


Melhor Fotografia

Nomadland

Mank

The Trial of the Chicago 7

Judas and the Black Messiah

News of the World


Havia muitos potenciais candidatos é certo. "Tenet" poderia aparecer aqui como o representante dos blockbusters, mas acabou por ficar de fora por substituição de "News of the World" que surge aqui com alguma surpresa. "Nomadland" e "Mank" deverão decidir entre eles esta categoria.


Melhor Banda Sonora

Da 5 Bloods

News of the World

Mank

Minari

Soul


Serão os Óscares a noite de Trent Reznor? A nossa previsão apontava que seria nomeado pelo seu trabalho sonoro em dois  filmes, "Mank" e "Soul". E tal previsão confirmou-se. Também o veterano James Newton Howard por "News of the World" conseguiu a nomeação esperada. Já a grande surpresa vai para a presença de Terrence Blanchard por "Da 5 Bloods", única nomeação do filme de Spike Lee aos Óscares....


Melhor Canção Original

"The Life Ahead" - "Io Si (Seen)" 

"One Night in Miami" - "Speak Now" 

"Judas and the Black Messiah" - "Fight for You" 

"The Trial of the Chicago 7"- "Hear my Voice"

"Eurovision Song Contest" - "Húsavík"

 

Diane Warren conquistou como esperado a 12ª nomeação aos Óscares pela canção criada para o filme italiano "The Life Ahead". Os restantes nomeados confirmaram a expectativa e até ficamos particularmente contentes por ver uma das músicas do filme da Eurovisão entre os nomeados!


Melhor Som

Greyhound

News of the World

Mank

Sound of Metal

Soul


Este ano as categorias de Melhor Edição de Som e Melhor Mistura de Som foram consolidadas numa só categoria. Entre as nossas previsões podia ser estranho ver "Sound of Metal", um filme onde a surdez é destacada, como candidato, mas isto só mostra o quão sonoro e belo é este grande filme. A Academia parece concordar e entregou-lhe uma das vagas nesta categoria. A grande surpresa é a ausência de "Tenet", já a grande surpresa recaiu sobre "Greyhound", um filme esquecido pela época de prémios mas que surge agora com uma nomeação aos Óscares...


Melhor Guarda Roupa

Emma

Mank

Ma Rainey's Black Bottom

Pinocchio

Mulan


Esta categoria confirmou o descalabro de expectativas em redor de "News of the World", Parecia certo a sua nomeação nesta categoria, mas certo é que foi o italiano "Pinocchio" a tirar-lhe o lugar e, na nossa opinião, aqui a Academia esteve muito bem! 


Melhor Edição

Nomadland

The Trial of the Chicago 7

The Father

Sound of Metal

Promising Young Woman


Havia imensas possibilidades de qualidade, mas tirando a troca de "Mank" por "The Father" não houve grande surpresas e a composição de nomeados era a esperada.


Melhor Caracterização

Mank

Hillbilly Elegy

Ma Rainey's Black Bottom

Pinocchio

Emma


Existiam dez pré-nomeados e todos eles tinham boas chances de chegar aos nomeados finais. Este é por tradição um dos Óscares menos mediáticos e, assim, é também um dos mais difíceis de prever.. Mas curiosamente acertamos em quase tudo, mas felizmente falhamos uma. Tínhamos apontado que o mediano "Birds of Prey" poderia chegar à nomeação, mas felizmente "Mank" tomou o seu lugar. 


Melhor Design de Produção

Tenet

Mank

News of the World

The Father

Ma Rainey's Black Bottom


É das categorias mais renhidas dos Óscares, mas também era das mais complexas de prever, tanto é que falhamos duas nomeações. "The Father" e "Ma Rainey's Black Bottom" deram o mote para as surpresas de inclusão, já a grande surpresa de exclusão recaiu em "Promising Young Woman".



Melhores Efeitos Especiais

Tenet

The one and Only Ivan

The Midnight Sky

Love and Monsters

Mulan


Tinha uma grande curiosidade nesta categoria e a Academia não defraudou as expectativas com uma lista de nomeados com muitas surpresas, umas mais positivas que outras. Sim, "Tenet" e "The Midnight Sky" eram as escolhas óbvias, mas tudo o resto era uma incógnita e a Academia apostou nas surpresas. O blockbuster indie "Love and Monsters" conseguiu uma nomeação surpreendente, mas não tão surpreendente como "The One and Only Ivan", uma obra de fantasia quase desconhecida da Disney que agora ganhará uma nova vida.


Melhor Curta Documental

Colette
A Concerto Is a Conversation 
“Do Not Split
Hunger Ward
A Love Song for Latasha

 Melhor Curta-Metragem 

Burrow
Genius Loci 
If Anything Happens I Love You - Pode ver na Netflix
Opera
Yes-People

 Melhor Curta de Animação 

Feeling Through 
The Letter Room 
The Present 
Two Distant Strangers 
White Eye

Enviar um comentário

0 Comentários